Cinema Destaque

Em um dos seus anos mais inclusivos, Oscar libera a lista de indicados! Confira tudo aqui:

Várias primeiras vezes marcam os indicados ao maior prêmio do cinema, num ano que seus maiores favoritos vieram das plataformas de stream.

 

Nessa segunda (15/03) foram divulgados os indicados a 93.ª cerimônia de entrega dos Academy Awards, o Oscar. Em um ano que o cinema sofreu para se manter, flexibilização de regras e prazos marcam a premiação que se apresenta mais inclusiva em anos após muitas críticas e reais mudanças nos seus procedimentos internos. Grandes indicados vieram das plataformas de stream, Netflix e Amazon Prime Video aparecem nas categorias principais, já que ir ao cinema no último ano não foi tão fácil assim.

 

O cinema falando de cinema é sempre favorito na premiação | Foto: Divulgação/Netflix

 

Netflix se destaca trazendo o maior indicado da noite: “Mank”, com 11 indicações o filme dirigido por David Fincher conta a história de Herman J. Mankiewicz, roteirista, escrevendo o clássico do cinema “Cidadão Kane“, em uma obra toda em preto e branco. Concorrendo nas principais categorias como Melhor Filme, Melhor Fotografia e Melhor Direção, o filme ainda pode levar estatuetas por atuação com Gary Oldman em Melhor Ator e Amanda Seyfried com Melhor Atriz Coadjuvante.

 

Frances McDormand estrela no favorito da temporada “Nomadland” | Foto: Reprodução/Searchlight Pictures

 

O grande favorito da crítica, “Nomadland” mostrou seu poder com 6 nomeações, entre Melhor Filme, Melhor Atriz com Frances McDormand, Melhor Fotografia, Melhor Montagem e Melhor Roteiro Adaptado, além da grande indicação de Chloé Zhao em Melhor Direção, se tornando a primeira mulher não-branca a concorrer nessa categoria. Chloé divide também com Emerald Fennell, diretora de “Bela Vingança”, a primeira vez que duas diretoras são indicadas ao prêmio de Melhor Direção, além delas, apenas 5 diretoras concorreram nessa categoria. “Bela Vingança” ainda concorre em mais 4 categorias, entre elas Melhor Filme.

 

Viola Davis grava seu nome na história do Oscar | Foto: Divulgação/Netflix

 

Muito mais história foi feita esse ano, começando com Viola Davis, indicada pelo filme “A Voz Suprema do Blues” da Netflix, em Melhor Atriz se tornou a mulher negra mais indicada na história do prêmio. O filme também garantiu indicações de Melhor Ator para Chadwick Boseman, que faleceu ano passado em decorrência de um câncer, além de garantir a Ann Roth o marco de uma das mais velhas a receber indicações em Melhor Figurino, e Mia Neal e Jamika Wilson se tornarem as primeiras mulheres negras a serem indicadas a Melhor Maquiagem e Penteado. Com Viola ainda temos Andra Day em Melhor Atriz por “The United States vs Billie Holiday”, sendo essa a primeira vez que duas atrizes negras são indicadas na categoria.

 

“Minari – Em Busca da Felicidade” outro grande favorito da noite | Foto: Copyright Melissa Lukenbaugh / Prokino/ A24

 

Um dos queridinhos dos críticos gerou dúvidas se estaria na corrida pelas estatuetas, isso porque “Minari – Em Busca da Felicidade”, mesmo sendo uma produção americana, tem seus diálogos em sua grande maioria em coreano, o que o fez ate ser indicado como Filme estrangeiro no Globo de Ouro. No Oscar foi diferente, e entre as 6 indicações nas principais categorias, temos a indicação de Steven Yeun como Melhor Ator, sendo o primeiro americano descendente de asiáticos a ser indicado. Na mesma categoria ainda temos Riz Ahmed, que se tornou o primeiro muçulmano a ser indicado a Melhor Ator pelo filme “O Som do Silêncio”, a produção da Amazon Prime Video ainda tem mais 6 indicações, incluindo Melhor Filme.

 

“Judas e o Messias Negro” 6 indicações, sendo duas na mesma categoria | Foto: Divulgação

 

O filme “Judas e o Messias Negro” cravou seu lugar no Oscar com 6 indicações, incluindo Melhor Filme e tendo dois atores indicados na mesma categoria: Daniel Kaluuya e Lakeith Stanfield por Melhor Ator Coadjuvante. Outro que ganhou 6 indicações é o britânico “Meu Pai”, que além da principal categoria da noite, ainda trouxe indicações para o veterano Anthony Hopkins em Melhor Ator e a já ganhadora Olivia Colman com Melhor Atriz Coadjuvante.

 

O icônico Borat garantiu seu lugar na noite | Foto: Amazon Prime Video/Reprodução

 

Nem só de drama vive o Oscar, prova disso são as 3 indicações para a volta do icônico personagem Borat em “Borat: Fita de Cinema Seguinte”, com Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Ator Coadjuvante para Sacha Baron Cohen e Melhor Atriz Coadjuvante para a novata Maria Bakalova. Outro filme que Sacha está concorrendo, “Os 7 de Chicago”, com 5 indicações, o sucesso da Netflix também está em Melhor filme, sendo assim, a gigante do stream tem dois filmes na principal categoria da noite. 

 

“Soul” garantiu 3 indicações | Foto: Reprodução

 

A animação “Soul” da Pixar, quebra a barreira de Melhor Animação e concorre a mais duas estatuetas: Melhor Trilha Sonora e Melhor Som. Se juntam a ele na categoria de animação, “Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica” também da Pixar, e “A Caminho da Lua” da Netflix. Na categoria Melhor Canção Original tivemos a surpresa da música “Húsavík” da comédia “Eurovision Song Contest” sendo indicada, e a favorita da temporada “Io Si (Seen)” cantada por Laura Pausini do lindo filme “The Life Ahead” estrelado por Sophia Loren.

 

Confira a lista completa de indicados AQUI.

 

“O Som do Silêncio” aposta da Amazon Prime Video tem 7 indicações | Foto: Divulgação/Amazon Studios

 

A invasão das gigantes de stream nos Oscar é explicada não só pelo aumento do prazo de envio da candidatura dos filmes, mas principalmente por uma grande flexibilização da regra da academia sobre quanto tempo um filme tem que ficar em cartaz para se torna elegível a estatueta. Com a pandemia do Covid-19, a indústria do cinema vem enfrentando dificuldades em estabelecer uma real volta a ativa, e enquanto isso os streams tem se tornado casa dos lançamentos mais importantes do último ano, e entendo isso a academia abriu espaço para esses filmes, que em sua maioria tinha planos de irem para o cinema, mas às vezes ficaram só nas plataformas.

 

Promete ser uma grande noite, mesmo num ano não tão bom, o cinema nos acompanhou nesse momento difícil e dia 25 de abril vamos nos reunir numa grande vídeo-chamada para premiar os melhores do cinema, a gente se Oscar 2021!

 

 

Foto em destaque: Joshua Richards/Searchlight Pictures

 

Deixe o seu comentário

Edenil Júnior
Edenil Júnior
Vindo (para não dizer foragido) do interior sul de Minas, mora em BH tentando ser designer gráfico. Perdidamente apaixonado por cinema, música, séries, podcasts e tudo que há de bom na cultura pop, adora fazer um bolão com os amigos para o resultado de qualquer premiação, se tem red carpet, discursos e famosos, ele vai tá atrás de links clandestinos. Boatos que já foi visto seminu pelas ruas de Belo Horizonte, mas nada comprovado...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *