Culturaliza Gratuito ou a baixo custo Literatura

Letra em Cena – Como ler Caio Fernando Abreu

Nesta terça-feira, dia 11/05, o Letra em Cena analisa a obra do jornalista e escritor  Caio Fernando Abreu (1948-1996). A sessão será conduzida pela poeta, escritora e cronista Martha Medeiros, em um diálogo com o jornalista José Eduardo Gonçalves, que também é curador do programa literário do Minas Tênis Clube. O ator Odilon Esteves, fará a leitura dos trechos do livro do autor que serão analisados durante o bate-papo.

 

As obras de Caio Fernando Abreu marcam uma linguagem coloquial que destacam temas ligados ao medo e angústia, segundo a avaliação de  Marta Medeiros, o autor era sombrio. “Ele era gótico, dark, um escritor formatado no inverno, mas ele extraía muita beleza desse lado sombrio. Não tinha pretensão de vir a ser solar, e sim de iluminar as trevas a fim de reconhecê-las como parte da experiência de estar vivo”, argumenta Martha.

 

O escritor gaúcho destaca de forma sensível sobre ser aidético, tudo retratado em uma série de crônicas publicadas no jornal  Estado de São Paulo. “É preciso lembrar que a AIDS era algo muito novo na época [anos 1990] e apavorante, pois fatal. A doença consumia fisicamente os portadores do vírus, esconder sua condição seria patético e covarde. Havendo o mínimo de coragem (e Caio era um bravo), assumir a doença era o caminho digno a tomar”.  afirma Medeiros.

 

Não perca a oportunidade de conhecer o autor e suas obras sobre uma análise que será transmitida pelo canal oficial do Minas Tênis Clube.

Quando: 11 de maio, terça-feira.
Horário: 20h.
Onde? YouTube (youtube.com.br/minastcoficial).

Deixe o seu comentário

Kelly Santos
Kelly Santos
Uma típica sagitariana que não consegue controlar a sinceridade. Está sempre aberta a aprender e ensinar, acredita que o conhecimento deve ultrapassar todas as fronteiras. Ama viajar, ler, ir ao teatro, assistir novela ou um bom filme e uma boa prosa com quem quer que seja. A música e a dança são as únicas capazes de acalmar o vulcão Kelly entra em erupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *