Eventos Gratuito ou a baixo custo

18ª edição do FIC celebra o Natal e os 300 anos de Minas Gerais

A 18ª edição do Festival Internacional de Corais, temporada 2020/21 será realizada Santuário de Nossa Senhora da Piedade, em Caeté. As celebrações  dos 300 anos de Minas Gerais e do Natal, ocorrem nos dias 19 e 20 de dezembro na Basílica Estadual das Romarias e na Ermida – considerada menor Basílica do Mundo, que foi construída no século XVIII e abriga a imagem de da Mãe da Piedade .

O tema escolhido para o FIC desse ano foi Arte para todos: sonhar e realizar um tema que relembra o poema “Eu tenho uma espécie de dever, de dever de sonhar sempre, pois sendo mais do que um espectador de mim mesmo, eu tenho que ter o melhor espetáculo que posso. E assim me construo a ouro e sedas, em salas supostas, invento palco, cenário para viver meu sonho entre luzes brandas e músicas invisíveis”, de Fernando Pessoa.

O Festival Internacional de Corais, Bandas, Congados & Orquestra, também fará uma programação itinerante que vai percorrer aproximadamente 100 espaços entre asilos, praças, aldeias indígenas, quilombos , teatros, centros culturais, Igrejas, escolas e hospitais; abrangendo Belo Horizonte e cidades históricas de Minas até 31 julho de 2021 .

 

Confira a programação!

19/12 – Sábado

Toninho Horta se apresenta na Basílica Estadual das Romaria.

Coral Banda Cantos de Minas – Coral Ensaio Aberto

O cantor e multi-instrumentista senegalês Mamour African Beat

20/12 – Domingo

Cláudio Venturini e Telo Borges se apresentam às 12h30, no Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade (Ermida).

O violeiro Chico Lobo, apresenta modas, temas instrumentais e canções.

Duo Eleonora e a cantora Gabby Cipriani.

 e seguirão todos os protocolos de segurança em relação ao Covid-19.

Programação itinerante

O quê? 18ª edição do FIC

Quando? 19 e 20 de dezembro

Onde? Santuário de Nossa Senhora da Piedade | Caeté

Transmissão: ao vivo pela TV Horizonte

 

Deixe o seu comentário

Kelly Santos
Kelly Santos
Uma típica sagitariana que não consegue controlar a sinceridade. Está sempre aberta a aprender e ensinar, acredita que o conhecimento deve ultrapassar todas as fronteiras. Ama viajar, ler, ir ao teatro, assistir novela ou um bom filme e uma boa prosa com quem quer que seja. A música e a dança são as únicas capazes de acalmar o vulcão Kelly entra em erupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *