Carnaval 2020

Programação completa do Carnaval de BH 2020 – Terça (25/02)

TRUCK DO DESEJO

A Truck do Desejo foi fundada em 2018 com o objetivo de dar maior visibilidade e protagonismo à cultura lésbica e bissexual, criando um espaço em que mulheres lés-bi possam se sentir seguras para demonstrar sua afetividade e carnavalizar. O repertório é formado por músicas populares brasileiras compostas por ou que se tornaram conhecidas nas vozes de mulheres lésbicas ou bissexuais, tais como Cássia Eller, Mart’nália, Marina Lima, Angela Ro Ro, Gal Costa, Maria Bethânia, Adriana Calcanhotto, Luedji Luna, Ana Carolina, Letrux, Doralyce, dentre outras. Também conta com paródias inéditas feitas pelas integrantes e com um hino.

Hora: 09:30

Onde: Avenida Augusto de Lima, 1222, Barro Preto

FUNK YOU

O Bloco Funk You surgiu em dezembro de 2016, com a proposta de tocar um estilo musical ainda não explorado pelos blocos já existentes no Carnaval de rua de Belo Horizonte: o Funk brasileiro. Em sua estreia, no Carnaval de 2017, o Funk You levou mais de 40 mil pessoas pras ruas, surpreendendo a todos com um som contagiante. Em 2018, foram mais de 150 mil pessoas na Avenida Brasil dançando até o chão. No terceiro desfile, em 2019, uma multidão de quase de 300 mil pessoas acompanhou o Funk You, colocando o Bloco entre os mais expressivos da cidade, que é hoje um dos 3 maiores carnavais do Brasil! O repertório é composto por hits de funk dos anos 90 até os dias atuais.

Hora: 10:00

Onde: Avenida Afonso Pena, 876, centro

LIBERDADE E ÁGUA LIMPA

Bloco surgiu de integrantes de capoeira de angola, funcionários públicos, estudantes, sociólogos e necessidade de defender a cultura e o meio ambiente.

Hora: 10:00

Onde: Rua Padre Rolim, 62, Santa Efigênia

COCO DA GENTE

O bloco Coco da Gente é uma das frentes do Coletivo Cultural Coco da Gente e tem como objetivo difundir as tradições nordestina de matriz africana e indígena no carnaval de Belo Horizonte. O carro chefe são os cocos do nordeste, porém também tocamos ciranda, ijexá, baião e folguedo de roda. O repertório mescla cantigas autorais e clássicos dos velhos mestres, como Luiz Gonzaga, Lia de Itamaracá e Selma do Coco. Todo mundo é bem vindo em nosso bloco, prezamos pela diversidade e respeito mútuo e acreditamos na força da cultura como instrumento de transformação social. Cola com nóis!

Hora: 10:00

Onde: Rua Ametista, 178, Vila Dias

JUVENTUDE BRONZEADA

O bloco Coco da Gente é uma das frentes do Coletivo Cultural Coco da Gente e tem como objetivo difundir as tradições nordestina de matriz africana e indígena no carnaval de Belo Horizonte. O carro chefe são os cocos do nordeste, porém também tocamos ciranda, ijexá, baião e folguedo de roda. O repertório mescla cantigas autorais e clássicos dos velhos mestres, como Luiz Gonzaga, Lia de Itamaracá e Selma do Coco. Todo mundo é bem vindo em nosso bloco, prezamos pela diversidade e respeito mútuo e acreditamos na força da cultura como instrumento de transformação social. Cola com nóis!

Hora: 10:00

Onde: Avenida Assis Chateaubriand, 127, Floresta

BLOCO DA KEL E MINAS COM BAHIA

O bloco da kel e Minas com Bahia, surgiu em 2019 somente com o nome de Bloco Minas com Bahia. A vocalista kel Rodrigues com sua ENERGIA,CARISMA e ousadia, acreditou que poderia levar alegria e energia positiva para todas as pessoas e ela conseguiu. Hoje o bloco e composto por 10 componentes em cima do trio, e a intenção e levar no minimo 50 integrantes na bateria no chão. Instrumentos utilizados, teclado, violão, bateria, guitarra, e percussão. O bloco da kel no próximo ano de 2020 vem com os estilo mais forte de axe o que não pode faltar de maneira alguma para nossa mineirinha apimentada, mas claro que como ela sempre gosta de inovar serão inclusos os estilos de pagode, samba, funk melody e ate o sertaxe nome criado por ela para o sertanejo tocado no estilo de axe.

Hora: 10:00

Onde: Rua Alberto Cintra, 24, União

BLOCO CHEGA O REI

Encontros musicais ao longo de 2017 e em 2018, o grupo se movimentou e realizou seu primeiro desfile com a ideia de levar os clássicos de Roberto Carlos a todas as gerações. Em 2019 sua atuação cresceu e abriu espaço para a formação de uma bateria formada por cadeirantes, crianças, pessoas em situação de rua, jovens e pessoas da terceira idade, tocando surdos, caixas, tamborim, repenique, ganzá, Agbêe também Agôgô. Ritmos de influências da musica afro, misturadas com rock e com o MPB e cria um som único e contagiante. O objetivo do bloco é fomentar uma rede colaborativa mais ampla e criativa, que possa proporcionar a movimentação econômica e social da região, através de projetos inclusivos com o envolvimento da comunidade em geral. O compartilhamento, através da música tem proporcionado experiências transformadoras e promulgado o capital humano, fomentando e afirmando a cada ação, o respeito à diversidade e a cultura como agentes transformadores de uma sociedade mais igualitária.

Hora: 10:00

Onde: Rua Frei Conceição Veloso, 145, João Pinheiro

O REI E A JOVEM GUARDA

Bloco surgiu através da escola de samba Chame Chame, vencedora do Carnaval de Belo Horizonte em 2010. A ideia do bloco é reviver um dos principais períodos da MPB, que é a jovem guarda e uma homenagem ao Roberto Carlos.

Hora: 11:30

Onde: Praça da Liberdade, 435, Savassi

BAIANEIROS

O bloco surgiu em 2015, quando Danniel Maestri e Lelo Lobão se juntaram para juntos trazer a atmosfera do carnaval de Salvador para o carnaval de Belo Horizonte. No desfile de 2019, eles gravaram o primeiro DVD da banda. Foi a primeira vez que um DVD é registrado em cima de um trio elétrico fora do carnaval de Salvador.

Hora: 11:30

Onde: Avenida Getúlio Vargas, 1507, Savassi

BLOCO DU SÔ TCHÊ

Tudo começou com um bate papo entre amigos e familiares, e acabou virando um bloco de carnaval, sendo esse o seu primeiro ano com o tema axé dos anos 90. O Bloco Du Sô Tché irá fazer a folia em homenagem ao Ex-Policial Reformado da PMMG Tenente Câmara, mais conhecido como Tché, com o objetivo de reunir familiares, amigos e crianças em um clima bem descontraído e animado. Ideal para quem quer curtir o carnaval sem muita muvuca e relembrar os grandes sucessos do passado. O bloco é fixo, localizado na rua Manoel Alexandrino no Bairro São Paulo. O som fica por conta da bateria e de muita gente alegre!

Hora: 12:00

Onde: Rua Manoel Alexandrino, 306, São Paulo

BLOCO MAGNÓLIA

O Magnólia é um bloco influenciado pelos cortejos do Mardi Gras no estilo Second Line, tocando jazz pelas ruas do bairro Caiçaras/BH-MG na terça feira de carnaval, assim como a tradicional Terça-feira Gorda (Mardi Gras) em New Orleans. Nossa formação segue a linha instrumental, com naipes de sopros e uma percussão que se assemelha a uma bateria desmembrada, e performática sendo, além dos músicos, feita por dançarinas e dançarinos em conexão com o público nas interações performáticas, mais um regente e uma porta estandarte. A nossa referência estética é elaborada através de pesquisas de referências a New Orleans em sua diversidade cultural, musical, performática e, principalmente negra, trazendo as cores e formas que externalizamos em nossas apresentações, sendo no carnaval ou em qualquer ocasião musical.

Hora: 13:00

Onde: Rua José Marra de Freitas, 1000, Nova Esperança

CARNAFLORA

O Bloco CARNA FLORA, Carnaval no Floramar, surgiu em 2016 a partir de dois projetos comunitários baseados, principalmente, nas redes sociais. O Projeto Cultural Memória Fotográfica da Zona Norte ? Belo Horizonte, um projeto lúdico, sem fins lucrativos, cujo objetivo é reunir, conservar e disponibilizar a memória fotográfica da Região Norte da Cidade de Belo Horizonte e o outro projeto associado é o Floramar ? Em Busca de um Espaço Público de Verdade, este um movimento de mobilização, questionamento e intervenções de rua, alertando e conclamando os moradores do Bairro Floramar a se unirem na luta pela conquista de espaços públicos de verdade. O bloco conta com uma bateria de 40 integrantes, uma harmonia com 5 músicos e cantores, além de 6 instrumentistas de sopro. Acompanham o bloco 5 alas uniformizadas, de instituições e grupos de amigos do bairro, além dos foliões locais e visitantes. Utilizam-se surdos, malacachetas, tamborins, repiniques, ganzás.2020 será o 4º ano que desfilará.

Hora: 12:00

Onde: Rua José Soares, 147, Floramar

BLOCO ESPERANDO O METRÔ

O Bloco Carnavalesco e Cultural Esperando o Metrô foi fundado em 2017 na região do Barreiro. O nome foi escolhido como uma sátira e crítica a diversos governos que já faz 30 anos não cumprem as promessas da chegada do Metrô até o Barreiro. A Bateria possui aproximadamente 60 participantes que tocam tamborim, caixa, surdo, agogô, repinique, chocalho, cuíca e prato. Os estilos musicais predominantes são samba e axé. O Bloco é aberto e plural, trabalha para valorizar revalorizar o patrimônio e memória do Barreiro, combater todo tipo de discriminação, reforçar a solidariedade entre as gerações. Além disso, o Bloco tem um forte caráter de contestação do péssimo sistema de transporte coletivo, seja ônibus ou metrô em nossa cidade. No Carnaval de 2020 o tema central do Bloco será: Barreiro 165 Anos de Lutas e homenageará Marilene da Conceição de Souza, militantes histórica das lutas sociais da região.

Hora: 13:00

Onde: Rua Barão de Coromandel, 755, Barreiro

TIETE DA VEVETE

Por meio de reuniões, planejamentos e o sonho de colaborar com a expansão do movimento social carnavalesco de Belo Horizonte, amantes da música que coadunam do mesmo ideal juntaram forças para planejar e colocar nas ruas de BH o BLOCO TIETE DA VEVETE. A ideia principal foi fazer uma interlocução, à música e a alegria da cantora Ivete Sangalo para abrilhantar o carnaval da cidade, prestando assim uma homenagem a Rainha do Carnaval de Salvador.Em junho de 2018 o Bloco fez o seu primeiro Ensaio Geral que reuniu Banda, Bateria, Ala de Dança, Apoio e Produção. Todos unidos a fim de fazer com que o Carnaval de Belo Horizonte cresça e prospere com muita alegria, cor e axé. A ideia é ser um bloco para todos e com a participação de todos.

Hora: 13:30

Onde: Avenida dos Andradas, 3900, Pompéia

BLOCO DO PESCOÇÃO

Criado para homenagear os jornalistas mineiros, o Bloco do Pescoção já tem presença garantida no Carnaval de Rua de Belo Horizonte desde 2015. O grupo é formado por jornalistas e aberto a todas as pessoas que gostam de pular carnaval. A finalidade é homenagear aqueles que no dia a dia produzem informação, bem essencial para a democracia. Segundo os organizadores, grande parte do público é formada por pessoas da terceira idade, jornalistas aposentados que têm no desfile do bloco a oportunidade de rever amigos, contribuindo para o processo de ressocialização e aumento da auto-estima.

Hora: 14:00

Onde: Avenida Alvares Cabral, 327, Lourdes

A SANTÊ

Bloco de rua A Santê , foi criado para suprir a Banda Santa que existia no bairro de Santa Tereza em 2005 devido o término do carnaval de bairro que existia em Santa Tereza , O Bloco Caricato Os Inocentes de Santa Tereza resolveu juntos ao seus diretores montar um movimento que não era um carnaval de passarela e sim aquilo que a comunidade e os comerciantes sentia falta o carnaval de brincadeiras onde os foliões fazia parte com as fantasias deseja e criadas por eles e sair brincando pelas ruas do bairro de Santa Tereza acompanhando a bateria das crianças e adolescentes que tocava no Inocentes aquilo servia para os ritmistas como um teste para o carnaval de passarela e ao mesmo tempo um divertimento para eles e os foliões que era do bairro de Santa Tereza e de toda região da cidade de BH.

Hora: 13:00

Onde: Rua Mármore, 169, Santa Tereza

LAVÔ, TÁ NOVO!

Um bloco com tudo o que o povo gosta, tudo que o povo quer, tudo que o povo tá sentindo falta de ver nos rolês dessa nossa BeloriHills. O Lavô, Tá Novo traz a música bagaceira que todos amam cantar nos chuveiros, karaokês e rolês podrões preferidos – mesmo que não admitam. Desde os anos 80 até os anos 2000, passamos por estilos e artistas que marcaram várias épocas, entre eles: Sandy & Junior, Felipe Dylon, Kelly Key, Claudinho e Buchecha, Pepe e Neném e Marina Lima. E pra gente rebolar até o chão – sem dignidade mas com muito glitter e glamour – pode tirar do armário a polaina, o biquíni asa delta, a cuequinha de crochê, porque aqui, baranga é elogio, brega é chique e estampa é obrigatório! Não importa se é roupa nova ou usada, se é Omo ou sabão de coco, se é máquina de lavar ou tanquinho, vem enfiar o pé na jaca com a gente porque somos dessas que lavam roupa suja em público mesmo, em pleno carnaval! Afinal, LAVÔ, TÁ NOVO!

Hora: 14:00

Onde: Rua Santa Maria, 140, Floresta

TIOZÕES DO PAGODE

Tiozões do Pagode é um bloco que se apresenta em Belo Horizonte nas terças de carnaval, levando para o público sucessos do pagode que tocaram nos anos 90, também como hits da atualidade, além de homenagear figuras consagradas do estilo. O nome veio da nostalgia que o repertório traz, resgatando os pagodes que estouraram nos anos 90, uma década pela qual existe um saudosismo, pois todos têm na memória que foi uma época mais leve para nós, brasileiros. Considerando que quem viveu e curtiu bem os anos 90 já passam dos trinta ou está próximo, o nome Tiozões do Pagode pareceu perfeito para demonstrar, logo de cara, qual é a vibração do bloco. O bloco se apresenta com a harmonia composta por excelentes músicos e cantores, suportada pela base da bateria que tem como carro-chefe as alas de surdo e reco-reco.

Hora: 14:00

Onde: Rua Matogrosso, 350, Barro Preto

BLOCO ZOOY NO CAIXA

O bloco Surgiu em uma brincadeira dentro da escolinha de Futebol, localizados no Bairro Betânia desdo do ano de 2018 , em uma espera de visita do Caixa, em época de Carnaval , como ele estava atrasado ai todo carro que passava, as crianças gritavem ” Zooy no Caixa ” . è composto por aproximadamente 80 pessoas.

Hora: 14:00

Onde: Rua Timor, 42, Betânia

CARNAAFRO

Em contato com vários blocos afro de Belo Horizonte, foi quando surgiu a ideia de criar nosso Bloco e fazer coro exaltando e enaltecendo a cultura Afro .

Hora: 14:00

Onde: Avenida Bernardo Monteiro, 28, Floresta

LOUCURA PELO GALO

O bloco Loucura Pelo Galo surgiu a partir do desejo de torcedores apaixonados pelo grande time de futebol desta capital, Clube Atlético Mineiro em reunir atleticanos para brincar e fazer um carnaval promovendo a cultura da cidade. Nos últimos anos, com a popularidade do carnaval de Belo Horizonte, o Bloco Loucura pelo Galo cresceu e, hoje, com um número expressivo de participantes – torcedores foliões, já faz parte do calendário cultural de BH e dos atleticanos. Este ano, com a bandeira PAZ NOS ESTÁDIOS!

Hora: 14:00

Onde: São Felipe, 35, Sagrada Família

BARTUCADA

Fundada em Diamantina no carnaval de 1972, a Bartucada é precursora no segmento “bateria”, onde mistura gêneros musicais diversos ao ritmo de samba e bateria. Em contagem regressiva para seu cinquentenário, em 2020 completará 49 carnavais com cerca de 2 mil apresentações realizadas pelo país. Com formação clássica de escola de samba a bateria é composta por surdo I, II e III, caixa, repique, tamborim e rocar, que se somam à harmonia: guitarra, baixo, teclado e metais e seus vocalistas. A Bartucada atua na promoção da defesa, conservação e preservação das tradições culturais musicais e artísticas, por onde passa, estimulando a formação ética e moral dos cidadãos, cientes da importância política de seus atos e de seu tempo, bem como a prática cultural voluntária.

Hora: 15:00

Onde: Avenida Brasil, 1145, Funcionários

UIVO DO LOBO MANSO

Quando fevereiro desponta, várias partes do Brasil se vestem de alegria para curtir os festejos de carnaval. A festa, que já é tradição em várias partes do país, tem sua particularidade cultural de acordo com os grupos que formam blocos e fazem desfiles pelas ruas durante cinco dias de folia. Se você é um desses carnavalescos assumidos, você precisa conhecer o Bloco ‘Uivo do Lobo Manso” . Já vivemos grandes momentos no carnaval de 2019 e alcançamos muita alegria e diversão. E estamos de volta em 2020 e esperamos que não seja diferente. É com muita alegria e de braços abertos que hoje recebemos você no mais animado grupo carnavalesco. “UIVO DO LOBO MANSO” BEM VINDO A ALCATEIA !!!

Hora: 15:00

Onde: Rua Santo Antônio, 127, Venda Nova

BLOCO DO JILÓ

Bloco criado pela uma família e amigos do bairro boa vista, a seis anos desfila na avenida contagem, cantando marchinhas, sambas enredos e axé, alegrando o carnaval das famílias da região leste de Belo Horizonte.

Hora: 15:00

Onde: Rua Contagem, 686, Boa Vista

BLOCO DO CARANGUEIJO

Nasceu em 2015 inspirado na obra de Chico Science e Nação Zumbi e na vontade de desenvolver culturalmente nossa região serra/são Lucas.

Hora: 16:00

Onde: Rua Glycon Terra Pinto, 90, Nossa Senhora do Rosário

BLOCO MAIS 80

Imagine os maiores artistas e bandas do pop e do rock nacional e internacional de todos os tempos reunidos em um único. Bloco. Um grande Festival, com muita energia e descontração – este é o Bloco MAIS 80, composto pela Banda Mais 80 e uma bateria de primeiríssima qualidade. O Bloco surge da vontade da Banda Mais 80 se inserir no Melhor Carnaval do Brasil: O Carnaval de BH.

Hora: 15:00

Onde: Rua Fernandes Tourinho, 481, Savassi

DISUMILDES

Disumildes surgiu em 2016 como uma brincadeira de Carnaval e nosso lema é”Seja Disulmildes para brincar e se divertir” somos um bloco divertido e irreverente, feito da união de grandes amigos e de suas famílias que nos reunimos para tocar e cantar.

Hora: 15:00

Onde: Avenida Catulo da Paixão Cearense, 282, Bairro das Indústrias I

BLOCO ZN SAVASSI

Bloco Zn surgiu de uma reunião de amigos através de uma festa, que ganhou proporções maiores até virar um dos maiores blocos da região norte, contamos com 20 integrantes na bateria,tocamos do funk ao rock, todo público é bem vindo!

Hora: 15:00

Onde: Rua Sergipe, 811, Savassi

SBC SAMBA BOBAGEM CERVEJA

O bloco desfila há 7 anos no caiçara, onde ele surgiu. Conta com uma bateria de mais ou menos 20 pessoas, tocando marchinhas e sambas

Hora: 15:00

Onde: Rua Vila Rica, 1315, Jardim Montanhês

BLOCO DO CLAUDINHO

Claudio Telles musico em BH já há 30 anos se apresentando nas mais conceituadas casas de show da cidade e também nas melhores festas. pela primeira vez com uma super banda animando o carnaval de belo horizonte com repertorio eclético e pra cima.

Hora: 15:30

Onde: Rua Alberto Cintra, 24, União

BLOCO ESPANTA CRISE

Se reunindo em frente ao histórico bar Espanta Crise Café, no bairro Floresta, o bloco foi criado por cinco músicos em 2013. A partir daí foi incorporando novos elementos musicais e, a cada ano, variando o seu repertório e testando formatos. O bloco traz, em seu nome, a sua intenção: Espantar a Crise no último dia de carnaval!

Hora: 17:00

Onde: Rua Silva Jardim, 15, Floresta

BLOCO HAJA

O Bloco Haja surgiu em 2017 em Divinópolis para tocar no pré-carnaval da cidade, 1 sábado antes do Carnaval. Depois de tocar em 2018 e 2019 no pré-carnaval, com 60 mil foliões em cada desfile, é hora de ir para o carnaval de Belo Horizonte levar todo esse público!!! As fundadoras do bloco residem em BH e toca em diversos blocos da capital! O regente do Haja é o Di Souza, também regente do Então Brilha e do É o Amô, e os sub-regentes são Pedro Thiago (Petê), Jhonatan e Dani Ponce, regentes dos blocos Roda de Timbau, Pisa na Fulô, Garotas Solteiras, Faraó, dentre outros. A ala de dança do Haja é comandada por Maira, grande nome do carnaval de BH. O Haja possui 160 pessoas em sua bateria e repertório similar ao do Então Brilha. A proximidade com Di Souza fez com que o bloco tivesse muitas semelhanças com o Brilha. Os instrumentos da bateria são: repique, timbau, caixa, surdos, tamborim e agbê.

Hora: 16:00

Onde: Rua Silva Ortiz, 31, Floresta

BLOCO TIMBALEIROS DO GHETTO

O bloco surgiu no ano de 2017 através de uma reunião de amigos.

Hora: 16:00

Onde: Rua Caetés, 189, centro

BLOCO DA PRAÇA

O BLOCO DA PRAÇA surgiu a seis anos. Formado por adultos ( a maioria acima dos 50 anos ) e crianças. O Bloco se reúne com cerca de 100 pessoas na Rua Adamina 20, esquina com Rua Salinas, bem próximo à Praça Duque de Caxias. Às vezes com música ao vivo ou com música eletrônica, revivemos os carnavais antigos. O Bloco não desfila . Reunimo-nos todos os dias de carnaval, neste espaço, sempre entre 15:00 e 18:00h.

Hora: 15:00

Onde: Rua Salinas, 1778, Santa Tereza

ME BEIJA QUE EU TÔ NO SPC!

O bloco Me Beija Que Eu Tô No SPC vai para a rua embalando os foliões com rock, mpb e outros gêneros que transpiram brasilidade unindo todos os inadimplentes dessa BH para que pelo menos no quesito amor/pegação a gente não fique no atraso!

Hora: 16:00

Onde: Rua dos Tabaiares, 93, Floresta

PISA NA FULÔ

O Pisa surgiu no final de 2014 idealizado pelo artista Di Souza, através da interação social entre alunos da Percussão Circular e a comunidade residente ao entorno de uma praça no Carlos Prates. Nossa estreia oficial foi no carnaval de 2015 quando saímos em cortejo da Praça, hoje batizada Pisa na Fulô, em direção à estação de metrô do bairro. Em junho desse mesmo ano fizemos nosso primeiro Arraiá, também na praça, totalmente gratuito para a população; uma festa junina de rua, tradicional e lúdica! Atualmente contamos com uma bateria de 200 integrantes, sua instrumentação é zabumbas, triângulos e agogôs de coco, instrumentação básica do estilo musical Forró. Nosso objetivo é democratizar o espaço público, difundir e valorizar a cultura popular nordestina além de proporcionar um ambiente onde negros, pessoas LGBTQ+, mulheres e pessoas portadoras de necessidades especiais se sintam seguros e bem vindos.

Hora: 16:30

Onde: Rua Professor Amaro Xisto de Queiroz, 865, Dom Joaquim

BLOCO ENCHE MEU COPO

Cadastrado na Belotur desde 2014, o Bloco Enche Meu Copo anima os domingos e as terças-feiras do Carnaval de Belo Horizonte na Praça Santa Rita no Bairro Esplanada – Regional Leste da Capital. Mestre Manjado comanda a bateria do bloco com aproximadamente 35 percussionistas, que são acompanhados por 3 vocalistas, 1 guitarrista e 1 baixista. O Bloco Enche Meu Copo se diverte tocando diversos estilos da Música Popular Brasileira (pop-rock, MPB e muita música de compositores mineiros) em ritmo de samba. O objetivo do Bloco, que se reúne durante todo o ano em oficinas de percussão e ensaios abertos, é trazer alegria, cultura e entretenimento à Capital Mineira. Venham conferir e se divertir conosco!

Hora: 17:00

Onde: Praça Santa Rita, 157, Esplanada

MIENTRAS DURA

O Bloco MIENTRAS DURA é o cortejo carnavalesco da festa homônima, integrante da cena de festas independentes de Belo Horizonte. Com público primordialmente LGBTQI+, é uma opção para os foliões curtirem o carnaval ao som de música eletrônica que mistura ritmos do mundo, performances artísticas e intervenções visuais.

Hora: 17:30

Onde: Rua Minerva, 819, Caiçara-Adelaide

VELOBLOCO

Bloco surgiu a partir de ideias da banda de rock Velotrol composta por 4 integrantes. Visa misturar rock com a bateria de carnaval e criar, ao vivo, versões fora do comum para o que popularmente chamamos de Rock Classico.

Hora: 18:00

Onde: Rua Major Lopes, 04, São Pedro

BLOCO ARRASTA BLOCO DE FAVELA

O Bloco Arrasta Favela surge pelo enaltecimento da negritude, e de todo o conjunto de heranças africanas, que valoriza a cultura afro no mundo e se afirma nas periferias brasileiras. Nos alicerces do nosso surgimento encontram-se as mulheres negras, fundadoras do comando vital do Bloco. Entendemos que a força das mulheres é o eixo principal para a plena vivência da união e integração da maioria negra. A nossa origem se aprofunda nos traços das familiaridades étnicas vivenciadas nas interseccionalidades do caminho histórico da negritude e das diversas alteridades que se relacionam com as memórias e identidades socioculturais afrodescendentes.

Hora: 19:30

Onde: Rua Central, 85, Vila Antena

Deixe o seu comentário

Fabiane Rodrigues
Fabiane Rodrigues
Taurina, mãe de dois gatos e Mestranda em Estudos de Linguagem. Apaixonada por manifestações e produções culturais, questões sociais e o empoderamento da mulher negra. E, claro, stalker profissional, formada pelo ID Discovery!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *