Culturaliza Diversão Gratuito ou a baixo custo

Tem Início a 19ª Edição do Festival Cenas Curtas 2018

Tem início na noite desta quarta-feira, 26 de setembro, com extensão até o dia 30 de setembro, a 19ª edição do Festival Cenas Curtas, um dos principais espaços para experimentação em teatro no Brasil, marcado pela diversidade de temas e urgências sociais, políticas e artísticas, acontecerá no Teatro Wanda Fernandes, no Galpão Cine Horto, e no circuito conhecido como Corredor Leste,  no entorno do centro cultural do Grupo Galpão, em Belo Horizonte. 

 

O Cenas Curtas 2018 recebeu 239 propostas, originárias de 45 cidades de 12 estados. Entre as escolhidas, 16 propostas são cenas de palco, três de rua e cinco rolês. Além da capital, foram contempladas propostas mineiras de Betim e Nova Lima, na Região Metropolitana, e Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri. Somados os projetos escolhidos, o estado de São Paulo comparece com dois espetáculos selecionados, e Bahia, Rio de Janeiro e Santa Catarina com uma representação cada.  

 

“Ao longo desses 19 anos, muitos espetáculos, diretores, atores, grupos e técnicos puderam experimentar e amadurecer suas criações. Entre centenas de exemplos, citamos um do início, o espetáculo de sucesso nacional ‘Por Elise’, que também deu origem ao Grupo Espanca e, recentemente, o ‘Rosa Choque’, que este mês se apresentou em Portugal. Sem dúvida, o Cenas Curtas é o festival que mais fomenta e deixa resultados concretos para a produção teatral de Belo Horizonte”, destaca Chico Pelúcio, diretor do Galpão Cine Horto e um dos fundadores do Grupo Galpão.

 

Com curadoria das cenas de palco e rua foi realizada por Amaury Borges, Carlandréia Ribeiro, Chico Pelúcio, Henrique Vertchenko, Joyce Athiê e Ricelli Piva, que trarão como de costume todos os dias, críticos, artistas e público se encontram para uma roda de conversa sobre as cenas apresentadas nos “Debates do Dia Seguinte”, momento para diálogos e reflexões sobre os trabalhos apresentados. Após as conversas, uma equipe de jornalistas vai abastecer a seção “No Calor da Cena”, no site do Galpão Cine Horto. Não bastasse, todos os dias, após as cenas, haverá um encontro no Bar do Festival. E, ainda, ao final, a “Festa de Encerramento”.

 

O público que for prestigiar o festival encontrará ainda a cena “Rolê: Rolezinho da Favelinha”, do Coletivo Lá da Favelinha, é uma organização independente que promove oficinas educativas gratuitas e eventos culturais para jovens e crianças, que também é uma das atrações da 19ª edição do Festival Cenas Curtas, com duas apresentações: “Disputa Nervosa” e “Favelinha Fashion Week”.  A “Disputa Nervosa” é o evento que mobiliza centenas de jovens através das danças do funk, principalmente o passinho, oriundo do Rio de Janeiro, e que se tornou febre na capital, incentivando a troca de ideias e a ocupação dos espaços públicos da cidade. Já o “Favelinha Fashion Week” tem movimentado o mundo da moda em Belo Horizonte, a ideia é promover grupos culturais, marcas independentes, a economia local e a sustentabilidade. E ao fazer moda de uma forma divertida e inovadora, os desfiles resultam em editoriais incríveis e revelam modelos de todas as idades, tamanhos e aparências, que moram no Aglomerado da Serra.

 

Abaixo informações sobre o festival:

Tem Início a 19ª Edição do Festival Cenas Curtas 2018

Quando: 26 a 30 de setembro

Dia 26 de setembro, quarta-feira

19h30 – Rua Pitangui – Horto

Rolê – “Intervenção Vintage – por BeHoppers” (Belo Horizonte/MG) 

20h – Teatro Wanda Fernandes, Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613)

Cena 1 – “Agô” – Direção: Patrícia Alencar – Teatro-Dança (Belo Horizonte/MG)

Cena 2 – “Canto ao Mar” – Direção: Ana Martins e Rikelle Ribeiro – Drama (Belo Horizonte/MG)

Cena 3 – “De Zé à Seu Zé, Dois de Nós Mesmos” – Direção: Ricardo Iazzeta e Sergio Siviero – Teatro-Dança (São Paulo/SP)

Cena 4 – “Encontros e desencontros de Fátima Bernardes”, Coletivo Transborda – Direção: Thalita Motta – Teatro performativo (Belo Horizonte/MG) 

Entreato
Lá da Favelinha 

22h – Gruta – Rua Pitangui, 3613 C, ao lado do Galpão Cine Horto

Rolê – “O Corpo é o Universo em Transe” – Direção: Gabrieu e Letícia – Audiovisual e pintura (Belo Horizonte/MG)

 

Dia 27 de setembro, quinta-feira

17h30

Cinema (2º andar Cine Horto)

Debate do Dia Seguinte com Clóvis Domingos

20h – Teatro Wanda Fernandes, Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613)

Cena 1 – “Viagem à Lua” – Direção: João Paulo Prazeres – Criação multidisciplinar (Belo Horizonte/MG

Cena 2 – “Axexê da Bailarina” – Direção e performance: Calu Zabel, Coletivo S/N – Dança (São Paulo/SP)

Cena 3 – “Ensaio sobre Fragilidade” – Direção: Mário Rosa (Belo Horizonte/MG)

Cena 4 – “Brasa”, Plataforma DORAS – Direção e Dramaturgia: Luísa Bahia – Teatro Performativo (Belo Horizonte/MG)

Entreato

Simplesmente Marta

22h – Teatro 171 – Rua Capitão Bragança, 35, Horto

Rolê – “O Gigante Acordou – Fake news”, Escola de Arte Indisciplinada – Performance Criação: Erika Rohlfs, Gabriel da Luz, Guilherme Morais e Jonata Vieira

Performances convidadas 171: Parda (com Júnia Pereira) + Bonek Queer (com Ana Gabi, Rodrigo Carizu e Mari de Cassia) – (Belo Horizonte/MG)

 

28 de setembro, sexta-feira

18h30 – Cinema (2º andar Cine Horto)

Debate do Dia Seguinte com Nina Caetano

21h – Teatro Wanda Fernandes, Galpão Cine Horto – Rua Pitangui, 3613

Cena 1 – “Aparecida”, Breve Cia – Teatro Negro – Direção: Adriano Borges – Drama (Betim-BH/MG)

Cena 2 – “Seguindo Passos”, TrupeZarpando – Dança, Teatro, Circo (Rio de Janeiro/RJ)

Cena 3 – “Para Rocío Jurado” – Direção cênica: Fabrício Trindade – Teatro Performático (Belo Horizonte/MG)

Cena 4 – “Manobras de McBurney Feliz!”– Direção: Lucas Arabi Vasconcellos – Performance (Belo Horizonte/MG) 

23h – Zona Last (Rua Pouso Alegre, 2952, Horto)

Rolê – “Sinal Vermelho”, Grupo Traços – Direção: Adriana Chaves, Ana Elisa, Daniele Fernandes e Saulo Calixto – Performance (Belo Horizonte/MG)

 

 

29 de setembro, sábado

18h30 – Cinema (2º andar Cine Horto)

Debate do Dia Seguinte com Clóvis Domingos 

21h – Teatro Wanda Fernandes, Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3613)

Cena 1 – “Todas as Vozes, Todas Elas”, Grupo de Teatro Mulheres de Luta Ocupação Carolina Maria de Jesus – Cena- performance-manifesto (Belo Horizonte/MG)

Cena 2 – “Foi Só Pra Continuar Viva”, Transitório Encontro – Direção e dramaturgia: Débora Vieira – Comédia Dramática (Belo Horizonte/MG)

Cena 3 – “Verbal do Tempo” – Atuação e Auto-direção: Maria Clara Lemos – Teatro (Nova Lima/MG)

Cena 4 – “Pocilga”, Triunfo das Porcas – Teatro (Belo Horizonte/MG)  

Entreato

Chico Pelúcio 

23h – Santa – Rua Capitão Bragança, 15, Horto

Rolê – 1 – “Duelo de Egos” – Pseudo-DJs Paola Bracho e Petra Von Kant – Discotecagem (Minas Gerais)

 

 

30 de setembro, domingo – Rua Genoveva – Horto

15h – Feira Queer + Kitutu 

16h30 – Cena 1 – “Minguante”, Alunos In-Cena – Drama (Teófilo Otoni/MG)

17h – Cena 2 – “Farrapo, o Palhaciclista” – Direção: Marcos Farrapo Fernandes – Teatro-Circo (Porto Seguro/BA)

17h30 – Cena 3 – “Transvyadaji”, TRA (Trava Rangers do Apocalipse) – Performance (Florianópolis/Santa Catarina) 

19h – Festa de encerramento

Prêmio Banana Rosa + Anúncio das Melhores Cenas

Discotecagem: dj anônimo + Supololo + Mientras Dura DJs

 

Quanto: Cenas de Rua + Rolês + Feira Quarta Queer + Debate do Dia Seguinte – Entrada gratuita

Cenas de Palco + Festa de Encerramento*: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)

* Quem apresentar um canhoto de qualquer dia do Festival Cenas Curtas paga meia na Festa de Encerramento

 

>>> Compra antecipada via Sympla:

https://www.sympla.com.br/19-festival-cenas-curtas–galpao-cine-horto–26-a-30-de-setembro__355923

>>> Venda na bilheteria do teatro: 2h antes do espetáculo

*Ingressos limitados à lotação da casa.

 

Deixe o seu comentário

Joseane Santos
Joseane Santos
Canceriana do coração apaixonado, amante da boa música, atleticana no corpo e na alma, mineirinha do interior que encontrou na capital seu lugar no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *