Centros Culturais Destaque Entrevistas

Conheço o grupo Boi Luzeiro: Resgatando a cultura popular

Por muitas vezes vemos o esquecimento da cultura popular, mas em outras situações, presenciamos a sua exaltação, como é o que faz o grupo Boi Luzeiro, que possui uma grande influência da cultura popular brasileira, como Folia de reis, Maracatu de Baque Virado, Coco, Boi do Maranhão, Ciranda e as Lavadeiras do norte de Minas. 

 

Com tantas referências, o grupo é composto por três artistas, Militani de Souza (voz e violão), e é acompanhado pelos integrantes Anna Luiza Magalhães (voz e percussão) e Glauco Mattos (voz, percussão e acordeon). Militani foi o responsável pelo ponta pé inicial, após uma realização de uma pesquisa geral sobre cultura popular. Daí você já é possível perceber todo o trabalho de qualidade e cuidadoso que é feito pelo grupo. 

 

“Boi Luzeiro é o fluxo das emoções onde musicalizam-se as travessias. A terra, o rio, os sentimentos, o sertão, o corpo e a natureza ilustram as músicas e poesias que se misturam em declamações, breves encenações e canções.”

 

De acordo Militani, o show possui um formato de contação de histórias e vem atraindo o público, proporcionando um imaginário coletivo durante as apresentações, já que o principal objetivo é resgatar a cultura popular de forma lúdica e misturar as referências em composições autorais. Essa mistura é feita por meio de suas composições e de suas referências. 

 

Logotipo do grupo

 

Veja algumas apresentações do Boi Luzeiro (vídeo abaixo) e acompanhe-os pelo Facebook (clique aqui)

 

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

2 thoughts on “Conheço o grupo Boi Luzeiro: Resgatando a cultura popular

  1. Pessoal do Culturalizabh, venho agradecer pelo carinho e atenção que tiveram com o Boi Luzeiro. Adoramos a matéria.

    Grande abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *