Cinema Destaque Em casa

14ª edição do Cine BH começa nesta sexta com programação diversa; confira os filmes disponíveis

A partir desta sexta (30/10) temos uma programação bem interessante para consumir na 14ª edição do Cine BH! O evento vai rolar até o dia 02/11 de forma virtual por meio de seu site cinebh.com.br , com o tema “A Cidade em Movimento” e curadoria de Paula Kirmo

Ao todo, serão quatro sessões somando 16 filmes. Além das exibições, serão realizadas Rodas de Conversa tematizando alguns aspectos exibidos nos longas e debatendo sobre as temáticas desenvolvidas. 

Confira: 

 

Sessão Pandemia Criativa: Com filmes, na maioria, gravados de forma independente e isolada. Essa sessão exibe as produções feitas durante o período pandêmico em Belo Horizonte e faz reflexões sobre os limites e as possibilidades de criação durante esse momento.

Os filmes: 

Destino | 3′ | Matheus Gepeto | 2020
Presa | 3′ | Joana Bentes | 2020
Vem vindo alguém, será? | 1′ | Luis Evo | 2020 [FILME CONVIDADO]
Aqui, nem eu | 6’| Gustavo Aguiar, Gustavo Koncht, Raiana Viana, Maria Flor de Maio | 2020
Cidade sem mar | 5’| Felipe Nepomuceno | 2020
O menino e o gato | 10′ | Célio Dutra | 2020
Submundo | 1’| Adriano Gomez | 2020
Vigília | 8′ | Rafael dos Santos Rocha | 2020

A roda de conversa sobre será nesta sexta (30/10), às 19h, com o crítico e pesquisador João Paulo Campos

 

Sessão Corpos Dissidentes: Com o objetivo de falar sobre a diversidade sexual, liberdade, amor e invenção, a sessão exibe filmes que passam pelo universo LGBTQIA+ que mostram os gestos políticos da comunidade que se impõe na dinâmica social. 

Os filmes: 

Looping | 12’| Maick Hannder | 2019 [FILME CONVIDADO]
Babi & Elvis | 17′ | Mariana Borges | 2019
Exu matou um pássaro | 24′ | Vinicius Sassine | 2020

A roda de conversa sobre será no sábado (31/10), às 19h, com a jornalista, performer e produtora Juhlia Santos

 

Sessão Teatro em Cena: As produções discutem o atual momento do teatro feito na capital. São discutidos os desafios enfrentados durante a situação em que as salas de teatro foram todas fechadas e as companhias começaram a enfrentar grandes dificuldades. 

Os filmes: 

Ao Teatro | 15′ | Rita Clemente | 2020
Cenas Curtas 20 Anos: A Festa dos Encontros | 46′ | Marcos Coletta e Paula Dante | 2019

A roda de conversa sobre será no domingo (01/11), às 19h, com a atriz e dramaturga Marina Viana

 

 

Sessão A Paz é Branca ou A Resistência Tem Cor: Os filmes dessa sessão reúnem história, personagens e obras do cinema negro de Belo Horizonte que debatem sobre racismo e seu enfrentamento por meio da expressão artística e política. 

Os filmes: 

Kilombo Souza – Memória, história e resistência | 6′ | Realização Coletiva | 2019
Coragem | 26′ | Mel Jhorge | 2019
Calmaria | 24′ | Catapreta | 2019

A roda de conversa sobre será na segunda (02/11), às 19h, com a pesquisadora Maya Quilolo

 

Foto em destaque: Leo Lara

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *