Colunas Culturaliza Literaliza BH Literatura Livros

Amor Plus Size – Larissa Siriani

Um encanto só!

 

Minha tour com esse livro começa com uma troca. No dia dos namorados ganhei um livro que já tenho, mesmo explicando para o meu boyfriend o significado do ícone presente no Skoob kk. Quando fui trocar, primeiro me encantei com a suavidade e delicadeza da capa de “Amor Plus Size”, depois veio a sinopse com um tema completamente atual e pertinente, quando descobri que a escritora era brasileira, até me animei a pagar diferença na troca e NÃO me arrependi. O livro é sensacional. Larissa Siriani é paulista, tem 25 anos, 10 livros publicados e vários outros na plataforma Whattpad que você pode ler de graça. Se você não a conhece, PELO AMOR DE DEUS, leia o que essa mulher escreve porque ela é fantástica.

 

 

Antes de mais nada, “Amor Plus Size” é sobre amar quem você é independente dos estereótipos que a sociedade insiste em nos impor. Maitê é uma adolescente de 17 anos, no último ano do ensino médio, olhos verdes, cabelos castanhos ondulados que ela, com sua mania de autossabotagem (adorei esse termo) descreve como sem vida. Pesa mais de 100 quilos e por isso sofre bullying da patricinha supermagra Maria Eduarda, além do preconceito velado por parte da mãe, aquela que deveria apoiar e proteger a filha, mas que insiste no seu emagrecimento a todo custo. Quem exerce esse papel de porto seguro é seu melhor amigo, fotógrafo, confidente e amorzinho, Isaac, que é apaixonado pela Maitê desde criança. Fechada na sua bolha de baixa estima, Maitê tem um crush no Alexandre, o gatinho da escola, que ao contrário de muitos romances não é nenhum chato ou metido, daqueles que fazem apostas para sacanear os outros. Ele é um menino fofo que mantém uma amizade despretensiosa com a colega de classe e também com as únicas amigas dela, Josiane e Valentina, todas vítimas das maldades da Maria Eduarda. Essa proximidade com o Alexandre dá a Maitê uma possibilidade real de conquistar seu príncipe, mas ela se decepciona feio e para tentar melhorar o astral da amiga, Isaac propõe um passeio no parque, onde faz diversas fotos da garota linda, solta e divertida que é a Maitê. Isaac então mostra as fotos a um amigo do pai que trabalha numa agência de modelos, ele gosta e decide convidar Maitê para ser modelo plus size. Já no primeiro trabalho, ela ganha muito mais que cachê e popularidade na escola, Maitê começa a enxergar a beleza que os estereótipos escondeu por anos.  

 

 

Imagem retirada da internet

 

 

Assim como em Fake do escritor Felipe Barenco, este livro deveria entrar para a grade obrigatória escolar e para o currículo dos leitores, pois vai mexer com os sentimentos daqueles que sofrem ou praticam bullying. Gostei muito da simplicidade com que a Larissa descreve as angústias e medos da Maitê. A delicadeza com que ela joga na nossa cara sentimentos profundos e temas como, preconceito, transtornos alimentares (obesidade,anorexia e bulimia), problemas com autoconhecimento e ditadura da moda. A transformação da personagem vai nos inserindo na trama e de repente a Maitê deixa de ser uma protagonista e passa a ser sua amiga. A descoberta do amor verdadeiro neste livro é antes de tudo, o amor próprio, que precisa vir em primeiro lugar sempre. O ritmo da leitura é gostoso porque a linguagem é atual, os personagens são comuns e os problemas são os que vivemos ou viveremos em algum momento da nossa vida.

 

Motivos pra ler “Amor Plus Size”, da escritora Larissa Siriani:

 

  • Lição de autoestima;
  • Empoderamento;
  • Personagens comuns;
  • Dramas reais;
  • História atual.

 

Esta coluna é publicada aqui, todas as segundas!

Envie seu e-mail para a colunista: elisrouse@culturalizabh.com.br

 

Deixe o seu comentário

Elis Rouse
Elis Rouse
Sou Elis, não sou Regina; sou do interior e amo a capital; sou jornalista, mas não trabalho em jornal; amo ler, sonho escrever; dicas vou dar, dicas quero receber; experiências vamos trocar; literatura brasileira vamos amar!

One thought on “Amor Plus Size – Larissa Siriani

  1. Que resenha linda!!! Adoro esse livro e também acho que deveria estar nas escolas. Eu fico tão orgulhosa dessa nova safra de autores nacionais que escrevem para o publico jovem adulto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *