Literatura

Academia Mineira de Letras realiza a palestra “No centenário do professor Celso Cunha”

Nesta terça (27/06), a Academia Mineira de Letras realiza a palestra “No centenário do professor Celso Cunha”,  com a participação dos professores Ângela Vaz Leão, Letícia Malard, Cilene da Cunha, Maria Inês Marreco e Paulo Roberto Pereira, celebrando os 100 anos de nascimento do escritor mineiro, que nasceu em Teófilo Otoni, em 1917 e faleceu no Rio de Janeiro. Celso era formado em Direito e Letras, pela Universidade do Distrito Federal

 

Foi filólogo, professor e ensaísta e escreveu inúmeros livros, gramáticas e ensaios com reflexões sobre a língua, entre os quais “Língua portuguesa e realidade brasileira”, “A questão da norma culta brasileira”, “Uma política do idioma”, “Conservação e inovação do português no Brasil”, “Língua, ação e alienação” e “Em torno do conceito de brasileirismo”.

 

Além das obras escritas, do magistério, Celso Cunha ocupou funções públicas importantes. Dirigiu a Biblioteca Nacional por quatro anos, foi Secretário Geral de Educação e Cultura do Governo Provisório do Estado da Guanabara em 1960, membro do Conselho Federal de Educação, membro do Conselho Federal de Cultura, entre outros.

 

O evento faz parte do programa Universidade Livre, realizado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Instituto Unimed-BH. 

 

“No centenário do professor Celso Cunha”, com Ângela Vaz Leão, Letícia Malard, Cilene da Cunha,Maria Inês Marreco e Paulo Roberto

 

Quando: 27 de junho

Horas: 20h

Onde: Academia Mineira de Letras (Rua da Bahia, 1466 – Lourdes – BH/MG).

Quanto: gratuito 

Informações: site 

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *