Colunas Crítica Musical Culturaliza Música Resenha

Crítica Musical: Gilberto Gil lança EP “Pela Internet 2” valorizando letras, rimas e tecnologia

Disco traz seis canções; ‘Metáfora’, regravação de 1982 é um dos grandes destaques

 

Quando Gilberto  Gil lançou o disco “Quanta (1997)” eu não tinha tanta afinidade com suas músicas nem mesmo sua discografia. No entanto, a música “Estrela” que faz parte do mesmo álbum, foi uma das mais tocadas nas rádios e acabei me interessando pelo seu trabalho. Mas, além de Estrela, outra canção estourou no Brasil pela letra e também batida: “Pela Internet”. A música fez tanto sucesso que acabou sendo transmitida ao vivo pelo Universo Online (UOL) ‘na época’ se  tornando a porta voz de uma das ferramentas mais utilizadas pela população: a internet.

 

Mostrando que está cada vez mais antenado com as tecnologias da informação, “Gil” lançou recentemente o EP “Pela Internet 2” (21 anos depois) que além da faixa título (inédita), traz mais cinco regravações ao vivo no Youtube que reforçam a ideia da conectividade e das tecnologias. Com o estilo “Gil” de ser, o EP traz hits conhecidos pelos fãs como: Cérebro Eletrônico (1969) e Futurivel (1969), que Gil reforça sua ligação com a ciência e também a tecnologia.

 

Além dessas canções, o EP ainda traz Queremos Saber (1976); Pela Internet (primeira versão de 1997 do álbum Quanta) e a incrível Metáfora (1982) em que Gil magistralmente brinca com a letra dizendo: “Deixe a meta do poeta, não discuta. Deixe a sua meta fora da disputa. Meta dentro e fora, lata absoluta. Deixe-a simplesmente metáfora”. Além da batida de forró, o EP valoriza um dos instrumentos que Gil mais sabe tocar, o violão.

 

Entre as faixas que mais gostei do EP destaco Metáfora, que traz uma soma de rimas e mostra que a poesia e a leitura sempre fizeram parte da carreira de Gilberto Gil. Além dela, Futurivel, mas não pelo fato da música já ser um sucesso conhecido, mas porque como dito, sinto que Gil sempre foi ligado as tecnologias. Me encantei com “Pela Internet 2” que mostra as mudanças da internet de 1998 para cá (21 anos depois) e deixa claro que a web vem oferecendo tantas coisas, que nem em 100 anos de vida conseguiríamos utilizar tudo. 

 

Avaliação 

 

Avalio “Pela Internet 2” com quatro estrelas (avaliação média), pois mesmo trazendo tamanha maestria, senti falta de mais novas canções no trabalho. No entanto, entendo que por ter passado por momentos complicados de saúde (na época que estava em turnê com Caetano em ‘Dois Amigos, Um Século de Música’), ver “Gil” cantando e ainda se entregando a fazer trabalhos para os fãs é de grande valia. O EP “Pela Internet 2” já está disponível nos canais de música como Deezer e o Spotify. Ainda não vi ele no formato “físico” nas lojas mais tradicionais, mas acredito que uma parte deverá ser comercializada. Vale a pena escutar.

 

 

 

Até a próxima Crítica Musical. 

 

Crítica Musical é publicada neste espaço toda quinta-feira. 

Felipe de Jesus
Felipe de Jesus
- Editor e Administrador do portal do CulturalizaBH | - Jornalista/Colunista: Crítica Musical _______________________________________________________________________ Jornalista, Teólogo, Sociólogo, Letras (Literatura) e Bel. em Economia. Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação, Doutorado em Ciências Sociais e atualmente cursa Direito. Apaixonado por música, colabora com rádios e portais falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. "Minha paixão pela música brasileira me faz quase um pesquisador. Um amor que vem da adolescência" (Felipe de Jesus). _______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

One thought on “Crítica Musical: Gilberto Gil lança EP “Pela Internet 2” valorizando letras, rimas e tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *