Culturaliza Dicas Literatura Música

Sesc Palladium promove edição especial do projeto “Digas! Poesia Falada”

Um LP de poesias faladas intitulado Garganta deu origem ao espetáculo Garganta ao Vivo, que será atração especial do Digas! Poesia Falada, projeto promovido pelo Sesc Palladium. O evento acontece no próximo dia 19, às 20h, no Grande Teatro e a entrada é gratuita.

 

Garganta é um documento sonoro em vinil que apresenta uma amostra da poesia contemporânea brasileira. O LP reúne trabalhos de alguns dos principais autores surgidos nos últimos 20 anos e foi registrado também em formato de livro. Para o articulador do Garganta, Sergio Cohn, o espetáculo é muito diferente das apresentações e eventos de poesia que acontecem normalmente: “O Garganta ao Vivo é como uma Big Band de poetas, esse é seu diferencial. Como sabemos, no geral, um sarau pode até ser temático, mas são poetas lendo os textos de forma autônoma, independente. O Garganta ao Vivo propõe uma construção de diálogo entre os textos, uma construção temática, rítmica e de atração. O espetáculo é sim um grupo de poetas, mas um grupo amparado em um diálogo, como se fosse um arranjo de uma Big Band”.

 

“Digas! Poesia Falada”

 

Com o propósito de abrir espaço para a poesia falada e novos autores, o Digas! Poesia Falada proporciona ao público a oportunidade de apreciar estes poemas apresentados oralmente e, com isso, desenvolver um público consumidor de poesia, em suas variadas formas e possibilidades.

 

Digas! Poesia Falada – Garganta ao Vivo

 

Quando: 19 de abril de 2017 (quarta-feira)

Horas: 20h

Onde: Grande Teatro do Sesc Palladium (rua Rio de Janeiro, 1046, Centro)

Duração: 90 min.

Classificação: 14 anos

Informações: (31) 3270-8100

Quanto: gratuita, com retirada de ingressos 2h antes

Deixe o seu comentário

Bárbara Andrade
Bárbara Andrade
Mineira de BH e leonina nascida em agosto, Bárbara é uma jornalista apaixonada pelas palavras. Seu humor pode ser definido por meio de trilhas sonoras. Em seus melhores dias não podem faltar artistas como David Bowie, Raul Seixas, Cazuza e Amy Winehouse, além de sua banda favorita: The Smiths. A literatura é seu passatempo predileto e, em momentos de inspiração, essa garota de 23 anos se arrisca a escrever suas próprias histórias. Viciada em séries e filmes, Bárbara acredita que quase tudo nesta vida se resolve com uma boa caneca de café (com açúcar, por favor).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *