Crônicas Culturaliza Literatura

Crônica: Pela janela, eternizam momentos…

Por um momento, Dinorá sentou e pensou nos momentos vividos ali! Momentos de vó, momentos dos almoços de domingo, momentos de agora, dos papos bons!

 

Pela primeira vez, Eriberto visitava um lugar especial para Dinorá. Ela fez questão em levá-lo a um momento de família!

 

A sua história está ali! Desde criança viveu ali. 

 

Era pequena, mas lembra de momentos alegres como a passagem do papa João Paulo II, e tristes como o incêndio em um dos grandes teatros da cidade.

 

Para Dinorá é um canto-encanto! Reunião de família, brincadeiras de primos, descidas para a Feira Hippie e para passeios ao pedalinho do Parque Municipal!

 

Uma lágrima sempre vinha quando ali, sentada em frente a grande janela de vidro, sentia os cheiros de momentos eternos.

 

Eriberto pegou sua mão e a beijou. Dinorá colocou sua mão e a dele em sua barriga e disse:

 

– Vamos viver momentos novos, nossos!

 

Eriberto simplesmente e agradecidamente, sorriu!

 

Deixe o seu comentário

Laura Barbosa
Laura Barbosa
Sou essa moça, mãe de menina, que se atreve a tirar fotos e brincar com as palavras. Literatura na alma, filmes no coração. Um bom vinho, um bom papo com marido e bons amigos. Tenho meus medos, sou ansiosa! Sou essa moça, esquisita e gente fina!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *