Quem Faz

Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.
Publicitária, taurina, louca dos signos, viciada em seriados de ficção científica, apaixonada por heróis, mitologia, HQs, mangás, música alternativa e tudo o que for abstrato. Choro assistindo “O Rei Leão”. Converso usando memes da internet. Minha gíria favorita é: “lacrou”. Estou desde os meus 12, sem interrupções, divulgando e enaltecendo o trabalho de Britney Spears. Se eu fosse um personagem de série, seria uma mistura irritante do Ted Mosby (HIMYM) e Rachel Berry (Glee).
Taurina, mãe de dois gatos e Mestranda em Estudos de Linguagem. Apaixonada por manifestações e produções culturais, questões sociais e o empoderamento da mulher negra. E, claro, stalker profissional, formada pelo ID Discovery!
Aquariana, livre, apaixonada por teatro, livros e tecnologia. Adora o envolvimento com a arte da atuação, do canto e da dança, apesar de não ter coordenação motora para isso. Acha que a internet foi a melhor invenção do mundo. Quando não está com um livro nas mãos, está jogando Farms Heroes e assistindo séries nessa ordem.
Belorizontina, atleticana, 99% recém formada em Relações Públicas, mas aquele 1% quer fazer Jornalismo. Adepta de variados estilos musicais, não confia em quem não sofre ouvindo Belo e nem em quem não dança quando toca É o Tchan. Está acompanhando a evolução da internet desde a época do ICQ, do qual morre de saudades. Facilmente encontrada cantando Anitta ou sucessos antigos nos karaokês da cidade.
Taurino, Pedagogo, filho único, amante da musicalidade (com uma leve – talvez forte – tendência à MPB) e do sorvete de Macadâmia. Espiritualista por vocação e crente na bondade humana por opção. Digamos que é um mix de “som, silêncio e outras raridades.
Capixaba. Publicitária e Jornalista. Bebedora de cerveja assumida, contadora de causos verdadeiros e palpiteira de plantão. Se limita da cerveja à tequila, davodka ao whisky, do vinho ao rum. Quando se trata de bebedeira, cachaçada e resenha não tem tempo ruim. O que importa mesmo é estar entre amigos e brindar a tudo isso!
Blogueiro desde 2010 e jornalista desde 2016, atualmente é fundador e editor-chefe de um site homônimo de notícias do universo da economia criativa. Apaixonado por moda, arte e teatro desde sempre. A partir de agora, é titular da Coluna Cool, na qual escreve as últimas novidades e tendências culturais e criativas de BH. Então, você já sabe: todos os sábados, aqui, no Culturaliza BH, serão dias de notas que voam nas asas do conteúdo. Fique atento e não desgrude!
Jornalista, crítico musical, designer gráfico, produtor cultural, DJ especializado em música autoral, escritor, viado e precursor da geração emo 2.0. É viciado em batata-palha, em abraços apertados e tirar fotos da cara. É conhecido como ˜só vão˜.
Sou essa moça, mãe de menina, que se atreve a tirar fotos e brincar com as palavras. Literatura na alma, filmes no coração. Um bom vinho, um bom papo com marido e bons amigos. Tenho meus medos, sou ansiosa! Sou essa moça, esquisita e gente fina!
26 anos, formado em Design Gráfico pelo UniBH e estuda fotografia na Escola Metrópole. É apaixonado por futebol, história, arte, mesa de bar com uma boa conversa e tem a fotografia como sua mais nova paixão. Quando não está fotografando, adora ver filmes, seja em casa ou no cinema. Não trocaria Belo Horizonte por lugar nenhum do mundo.
Mais um virginiano por aqui para fazer esse negócio ficar ainda melhor! Perfeccionista, até nas horas de ser errado, nascido na roça, porém criado no mundo. Festeiro e baladeiro acompanhado de catuaba, pra dar aquela safadeza (rsrs). A cultura é minha arte, a arte é minha vida e o Culturaliza está aí pra eu abrir o livro que sigo escrevendo. Minha câmera são meus olhos, e com os registros, mostrarei as páginas do meu livro da vida. #filosofei