Culturaliza Gratuito ou a baixo custo

Bairro Santa Tereza Completa 120 com celebração e bate-papo sobre o Clube da Esquina

   Tudo começou no século XIX, quando a Fazenda Bela Vista foi desapropriada e entre outros bairros, o Santa Tereza foi criado e ocupado por imigrantes italianos. Localizado na região leste da capital, o bairro já teve outros nomes entre eles Fundos da Floresta, Colônia Américo Werneck e Bairro da Imigração. O nome Santa Tereza  surgiu em 1928, em homenagem à igreja situada na praça Duque de Caxias. Atualmente, o bairro ainda preserva características da década de 60, com mais de trezentos imóveis residenciais e comerciais tombado pelo Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural de BH em 2015.

 O tradicional bairro de BH, ficou famoso por ser o bairro que teve muita influência para o cenário musical mineiro. Foi no Santa Tereza que surgiu as bandas Sepultura e Skank, mas bem antes, o movimento cultural Clube da Esquina que surgiu nos anos 60, foi responsável pelo sucesso de músicos Lô Borges, Milton Nascimento, Beto Guedes, 14 Bis, Fernando Brant entre outros.

Imagem retirada do google

E para celebrar os 120 anos do bairro que cresceu junto com Belo Horizonte, domingo, dia 25 de outubro, a Casa Fiat de Cultura, realiza o evento “Santa Tereza e Clube da Esquina: Canção, Cidade e Memória” , que será realizado online das 11h às 12h30, com participação especial do músico Telo Borges e do compositor Luiz Henrique Garcia, que recebem para um bate-papo a historiadora e educadora Ana Carolina Ministério- ela vai contar a história desde o surgimento do bairro,  passando pela parte cultural até o processo de tombamento da arquitetura.

O que ? “Santa Tereza e Clube da Esquina: Canção, Cidade e Memória”

Quando? 25 de outubro 2020

Onde? Plataforma Virtual

Quanto? Gratuito | Ingressos pelo Sympla http://bit.ly/SantaTerezaClubedaEsquina

Informações (31) 3289-8900

Deixe o seu comentário

Kelly Santos
Kelly Santos
Uma típica sagitariana que não consegue controlar a sinceridade. Está sempre aberta a aprender e ensinar, acredita que o conhecimento deve ultrapassar todas as fronteiras. Ama viajar, ler, ir ao teatro, assistir novela ou um bom filme e uma boa prosa com quem quer que seja. A música e a dança são as únicas capazes de acalmar o vulcão Kelly entra em erupção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *