Culturaliza Exposições Gratuito ou a baixo custo

13ª Edição da Primavera dos Museus acontece nesta semana em BH; confira a programação

Entre os dias 23 e 29 de setembro a capital mineira será palco da 13ª Edição da Primavera dos Museus, evento organizado nacionalmente pelo Instituto Brasileiro de Museus. O tema escolhido tem como objetivo fortalecer a relação da população com a cultura. Em BH, sete museus municipais vão participar do evento.

 

 

Um dos destaques da programação é a atividade “Slow Week – Semana de Moda, Ética e Sustentabilidade”, desenvolvida no Museu da Moda, que acontece entre os dias 24 e 27 de setembro, das 18h às 21h. Segundo os organizadores, trata-se de uma atividade com debates, oficinas e palestras com o objetivo de impulsionar propostas sustentáveis.

 

 

Abaixo programação completa:

Museu da Moda

De 24/09 a 29/09

Terça-feira a sexta-feira das 9h às 21h; sábado e domingo das 10h às 14h

Exposição – Torsos e Outros: Mostra de arte visual, da artista Zélia Mendonça, que visa unir os conceitos de reciclagem e ressignificação por meio de um trabalho memorialístico.

De 24/09 a 27/09

Terça-feira a sexta-feira, das 18h às 21h

Slow Week – Semana de Moda, Ética e Sustentabilidade – Debates, oficinas e palestras serão apresentados com o objetivo de impulsionar propostas sustentáveis para transformar nosso cenário atual, dentro da perspectiva do consumo consciente.

Dia 25/09 – Quarta-feira, às 15h

Roda de leitura – Leitura compartilhada do livro “Poemas da recordação e outros movimentos”, de Conceição Evaristo.

Dia 26/09 – Quinta-feira, às 17h

Bate-papo – “Como é ser mulher compositora em BH”, com Bárbara Barcellos.

Dia 27/09 – Sexta-feira, às 15h

Moda ao pé da orelha – Leitura das “orelhas” dos exemplares sobre moda, da biblioteca do MUMO, com o objetivo de despertar o interesse pelo conteúdo integral do livro.

Dias 26 e 27/09

Quinta e sexta-feira, às 17h

Visitas mediadas – No contexto da Primavera dos Museus, o Mumo convida os visitantes para conhecer seus vitrais e janelas de prospecção, visando uma interação com elementos da arquitetura do castelinho da Rua da Bahia.

 

 

Caso do Baile

Dia 27/09 – Sexta-Feira

De 19h às 22h

Apresentação – Casa Adentro: apresentação de mestres da capoeira, da cultura popular, com músicas de capoeira e do cancioneiro popular, dentro do Encontro Nacional de Capoeira.

De 14h às 17h

Educativo – Formações na Pampulha – de perto e de dentro: mapeamento de vizinhança.

Dia 28/09 – Sábado

De 9h às 18h

Exposição – Casa Adentro: exposição de instrumentos utilizados nas manifestações culturais de matriz africana, dentro do Encontro Nacional de Capoeira.

De 9h às 10:30h

Oficina – Casa Adentro: oficinas abertas de samba, jongo, maculelê e capoeira, dentro do Encontro Nacional de Capoeira.

De 11h às 12h

Oficina – Casa Adentro: aula aberta de capoeira com o grupo ABADA, dentro do Encontro Nacional de Capoeira.

De 16h às 18h

Apresentação – Casa Adentro – samba de roda com as sambadeiras do projeto Kizomba, do Quilombo Manzo Ngunzo Kaiango, dentro do Encontro Nacional de Capoeira.

Dia 24/09 – Terça-feira, às 19h30

 

 

Museu da Imagem e do Som – Cine Santa Tereza

Cine Diversidade – Sessão de cinema comentada.

Dia 25/09 – Quarta-feira, às 19h

Sessão de curtas – Conferência Superficcional (Mostra “Superficções”). Classificação livre.

De 26/09 a 29/09

Quinta-feira a domingo, às 19h30

Mostra FLI 2019 – Mostra de filmes da programação do Festival Literário Internacional de Belo Horizonte.

Dia 28/09 – Sábado, às 19h

Cinema – O Animal Cordial. Classificação indicativa de 16 anos.

 

 

Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado 

22/09 e 29/09

Domingos, das 10h às 11h30, na Praça do Sol

Oficina – Brinquedos e Brincadeiras: Oficina de confecção de brinquedos, que oferece contato com o universo das brincadeiras populares.

22/09 – Domingo, na Tenda do Bosquinho

Das 10h às 12h

Apresentação – Festival Internacional de Corais – FIC: Receberemos no CRCP três grupos participantes do FIC 2019: “A Ponte”, “Grupo Merceditas” e “Coral Vozes do Vale do Paraopeba”.

Às 14h30

Sarau – Sarau Libertário: Mostra que acontece desde o ano de 2015, em Belo Horizonte, produzido pela poeta e escritora Bruna Kalil Othero, com o objetivo de promover debates, palestras e conversas entre alunos, professores e convidados.

De 24/09 a 29/09 – Terça-feira a domingo

Das 9h às 17h

Exposição – Quilombos Urbanos e a Resistência Negra em Belo Horizonte – A exposição pretende salvaguardar, promover, valorizar e divulgar a história e cultura única dos três quilombos urbanos de Belo Horizonte (Manzo Ngunzo Kaiango, Luízes e Mangueiras).

Manhã e tarde

Ação educativa – Mediação Afro-Poética: Visita Mediada às exposições do espaço, a fim de estabelecer uma conexão entre elas e a história da Lagoa do Nado, valorizando a cultura popular na cidade e seu entorno.

Agendamento: 3277-7420

24/09 – Terça-feira, às 19h, na Varanda do Casarão

Sarau – Sarau da Resistência “Serão de Contos”, Projeto aprovado no Fundo Municipal de Cultura BH, 2017-2018. Com a equipe: Aline Cântia, Chicó do Céu, Fernando Chagas e Tatiane Soares.

25/09 – Quarta-feira, das 14h às 17h, no Espaço do Fogão a Lenha

Roda de conversa – Conversa ao Pé do Fogão: com Sula Mavrudis, pesquisadora, defensora e detentora de saberes sobre a cultura, arte e prática tradicional do circo.

28/09 – Sábado – às 15h, na Biblioteca

Reunião República – Fórum Municipal de Leitura, Literatura, Livro e Bibliotecas de Belo Horizonte.

29/09 – Domingo, das 09h às 18h

Festejos na Lagoa – Primavera da Cultura Popular! Dia repleto de atividades: Sarau do Desjejum, 7ª Garimpo Literário do CRCP, Cavalo Marinho de BH, Show Elisa de Sena e “As Pandeirista” e exposições “Vestuários e Acessórios Afro-brasileiros”.

 

 

Museu Casa Kubitschek

DIA 19/09 – Quinta–feira, ás 14h.

Ação educativa – Caminhos Arquitetônicos – Caminhada cultural do Museu Casa Kubitschek até a Igreja de São Francisco de Assis, abordando questões relacionadas ao patrimônio, natureza, história, arte e dinâmica urbana.

Vagas: 20

Inscrições: [email protected]

Dia 28/09 – Sábado

Às 10h

Ação educativa – Visita mediada aos jardins: os participantes são convidados a percorrer os jardins do museu, explorando suas características botânicas, artísticas e históricas.

Às 11h

Apresentação artística – Contos de pássaros e outros seres viajantes – Neste espetáculo lítero-musical, Aline Cântia e Chicó do Céu, apresentam poemas, narrativas e canções de diferentes lugares em que os protagonistas são eles: os pássaros.

Dias 28 e 29

Sábado e domingo, das 9h às 18h

Ação educativa – Distribuição de mudas e sementes – oportunidade de levar para casa uma lembrança dos jardins do museu, que foram projetados por Burle Marx.

 

 

Museu da Imagem e do Som de Belo Horizonte

De 23/09 a 27/09

Segunda a sexta-feira, das 9h às 18h (terça-feira, das 9h às 21h).

Exposição – “TV Itacolomi: a Pioneira de Minas”: Em resgate à história da televisão em Minas Gerais, a exposição reúne fotografias, depoimentos, objetos e registros audiovisuais ligados à primeira emissora da capital mineira.

Dia 24/09 – Terça-feira, às 19h30

Encontro – “A mulher na TV Itacolomi” – Roda de conversa com estrelas da TV Itacolomi abordando sua atuação nos programas da emissora e suas trajetórias como as primeiras mulheres a fazerem TV em Belo Horizonte.

Dia 25/09 – Quarta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h

Jogo – “Brincando na Itacolomi” – Com esta atividade, convidamos o público a participar de jogos como se estivesse em um programa de auditório da TV Itacolomi.

Vagas: 25

Inscrições: até 24 de setembro de 2019

Agendamento: [email protected]

 

 

Museu Histórico Abílio Barreto

Dia 24/09 – Terça-Feira, às 10h

De Museu Histórico de Belo Horizonte a Museu da Cidade – Como forma de apresentar a instituição aos seus diversos públicos, o MHAB inaugura uma sinalização interpretativa, no hall do edifício sede, revisitando sua trajetória.

Dia 26/09 – Quinta-feira, às 19h

Dia 27/09 – Sexta-feira, às 14h30

O Museu da Cidade – mediação especial

Proposta de reflexão sobre a prática museal – o que é musealizar um objeto? Como opera um museu histórico? Um museu pode falar somente de suas coleções? Um museu consegue falar da vida? Aqui buscamos exercitar leituras acerca da vida urbana partindo do acervo e da prática museal.

Vagas: 30

Inscrições: [email protected]

Pic Lindy com o grupo de danças BeHoppers

29/09 – Domingo, às 15h

Deixe o seu comentário

Joseane Santos
Joseane Santos
Canceriana do coração apaixonado, amante da boa música, atleticana no corpo e na alma, mineirinha do interior que encontrou na capital seu lugar no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *