Culturaliza Dicas Diversão Música Shows

Nem Secos apresenta trabalho autoral no Teatro Assembleia

Show acontece no dia 19 de setembro, pelo tradicional Projeto Zás, com entrada franca

 

O grupo Nem Secos retorna ao Projeto Zás da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, onde já apresentou seus espetáculos de memória da MPB. Desta vez, o grupo cênico-musical mineiro mostra seu trabalho autoral, em um show composto com as canções do CD “Anti-heróis Dançando a Vida”, lançado por meio da lei municipal de incentivo à cultura. A apresentação acontece no dia 19 de setembro, quinta-feira, às 19h, no Teatro da Assembleia (Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, Belo Horizonte/MG), com entrada gratuita. O show será gravado e posteriormente transmitido pela TV Assembleia.

 

Reconhecido em seus 15 anos de carreira por sua arte engajada e de militância cultural, o Nem Secos trará ao palco do Teatro da assembleia toda a animação, ousadia nas performances, diversidade de ritmos, união de linguagens artísticas e letras questionadoras que caracterizam o trabalho do grupo. “Poucas bandas conseguiram cristalizar o seu tempo tão bem quanto a brasileira Nem Secos no disco Anti-Heróis Dançando a Vida. Um disco que já nasce histórico e que representa a força da inventiva e resistente música popular brasileira, capaz de sobreviver aos tempos mais solares e mais sombrios também”. Assim se expressou o crítico Miguel Arcanjo Prado no Portal UOL sobre o novo trabalho do Grupo Nem Secos, que destacou como sendo “uma das melhores coisas que a atual cena musical mineira produziu.”

 

O CD Anti-Heróis Dançando a Vida revela toda essa pluralidade. “Na melhor veia antropofágica, todos os sons, inovações estéticas e revoluções culturais revividos nos espetáculos de memória da MPB transmutaram-se em união com nosso discurso libertário de afirmação das identidades para gerar um som com a cara do Nem Secos, pulsante e questionador”, relata Carlos Linhares, integrante desde 2004.

 

Além do trabalho artístico, que o levou a ser um dos escolhidos para a programação oficial do Ministério da Cultura na Copa 2014, o Nem Secos se destaca pela atuação em causas sociais e culturais, como a criação do Centro Cultural Nem Secos e a participação na coordenação da Frente Nacional Contra a Censura, que teve como tema de seu vídeo oficial, a canção A Seita que Não Aceita. Em seu refrão, a essência da filosofia do Grupo: “eu vou fundar uma nova seita que não aceita ninguém com mais uma ideia pronta”.

 

Formação do Nem Secos

Carlos Linhares – Baixo e Voz

Carolina Claret – Voz

Leonardo Clementine – Guitarra e Voz

Luã Linhares – Teclado e Voz

Sune Salminen – Bateria

Participação especial: Leandro Said – Flauta, sax e gaita

 

 

Serviço:

Nem Secos no Projeto Zás

Data: 19 de setembro, quinta-feira

Horário: 19h

Local: Teatro da Assembleia – Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, BH

Ingressos: entrada franca

Classificação: livre

Felipe de Jesus
Felipe de Jesus
[ Jornalista/Colunista: Crítica Musical | Editor e Apoiador no CulturalizaBH ] _______________________________________________________________________ Jornalista, Teólogo, Sociólogo, Letras (Literatura) e Bel. em Economia. Tem Mestrado em Comunicação Social: Jornalismo e Ciências da Informação, Doutorado em Ciências Sociais e atualmente cursa Direito. Apaixonado por música, colabora com rádios e portais falando sempre sobre álbuns, coberturas de shows e etc. Tem como hobbie comprar CDs e também vinis. "Minha paixão pela música brasileira me faz quase um pesquisador. Um amor que vem da adolescência" (Felipe de Jesus). _______________________________________________________________________ [ Siga o Instagram: @felipe_jesusjornalista ]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *