Colunas Destaque Rolê Fotográfico

Confira a história e fotos de BH; conheça o Rolê Fotográfico

Em cada mês falei sobre uma atração de Belo Horizonte que não possui uma importância somente turística, mas histórica também. Cada lugar foi escolhido a dedo para mostrar para você, leitor, a essência belo-horizontina que existe há anos. Lugares especiais, carregados de história e mineiridade.

 

 

 

Mercado Central

Comecei por lá o Rolê Fotográfico simplesmente por representar como é “ser mineiro”. Os melhores doces, as melhores cachaças e os melhores queijos estão lá. Cada canto e cada loja com uma história diferente. O Mercado é cheio de vida e tradição. Seja nos bares, nas lojas de frutas, de produtos típicos, dos artesanatos, abrigando todo o estado em apenas um quarteirão. Algo que começou pequeno lá em 1929 é hoje um dos maiores centros comerciais da cidade. É gostoso viver no mercado!

Clique para ler mais

 

 

 

 

Museu de Artes e Ofícios

Aqui começa Belo Horizonte. Da antiga Estação Central de trens chegaram os primeiros materiais para a construção da nova capital de Minas. Hoje, nada mais justo que criar um museu que presta uma homenagem ao trabalhador de várias áreas do século XIX e XX. O Museu de Artes e Ofícios é uma conexão do trabalhador atual com o dos tempos passados.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Cine Brasil

O Belo-horizontino sempre gostou de cinema, e é claro que tive que falar do mais famoso cinema da cidade: o Cine Theatro Brasil. Além de falar sobre alguns antigos cinemas ql0ue existia em cada bairro, falei sobre a trajetória do grande cinema da Praça Sete e da sua importância cultural e histórica no hipercentro.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Parque Municipal

O primeiro parque de BH, onde todas as famílias se encontram para passar os finais de semana. Inaugurado antes mesmo da cidade, o parque sempre recebe até hoje vários eventos, shows, competições esportivas, além de peças no Teatro Francisco Nunes e no Palácio das Artes. Uma fuga para o descanso na natureza em meio ao caos da correria do centro.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Edifício Maletta

De dia, um lugar com restaurantes, lanchonetes, barbearia e outros comércios. De noite, um espaço alternativo da capital com bares, hamburguerias e cerveja gelada. Tudo isso num edifício residencial. Bom, esse é o Edifício Maletta, ponto de encontro do clube da esquina, de sonhos de luta e liberdade em tempos de ditadura.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Minas Tênis Clube

Além de levar o nome do estado no mais elevado patamar do esporte, o Minas Tênis Clube criou um centro cultural e mais um memorial para contar sua trajetória aliada ao desejo de impulsionar a cultura em BH. Tudo muito bem planejado e estruturado, o Centro Cultural MTC conta com Teatro, espaços para exposições, um cantinho especial para as crianças, um café, além de todo o acervo histórico do Clube.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Museu Abílio Barreto

Um dos melhores lugares para conhecer a história de Belo Horizonte. O imponente casarão dos tempos de Curral del Rey segue vivo bem no meio da modernidade do século XXI e carrega incríveis momentos da capital que se tornou gigante em menos de cem anos. O MHAB é responsável por transmitir toda a linha do tempo de BH e ainda tem exposições separadas tanto no casarão quanto no anexo do museu.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Feira da Afonso Pena

Se você é de Belo Horizonte, com certeza já deve ter ido na Feira Hippie da Afonso Pena. Desde acessórios até roupas e comidas, dá para encontrar de tudo por lá. Contei sobre o início da feira lá nos anos 70 quando ainda era na Praça da Liberdade. Hoje na avenida mais importante da área central e ocupando uma grande extensão em frente o Parque Municipal, a Feira Hippie é um ambiente de alto astral dos domingos e uma ótima opção de lazer para as famílias.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Belo Horizonte

 

Em uma homenagem aos 120 anos, escrevi um pouco sobre o sentimento que sinto por BH e ilustrei nas fotos toda essa paixão. Fico perambulando pelas ruas buscando uma boa foto e reuni algumas que eu mais gosto para colocar no texto.

 

Clique para ler mais

 

 

 

 

Casa do Baile

Comecei 2018 escrevendo sobre os mais famosos pontos do conjunto arquitetônico da Pampulha, e, o primeiro deles foi sobre a Casa do Baile. Aqui eu conto como tudo começou, desde a construção até o seu auge nos anos 40 até sua decadência nos anos seguintes. Agora a Casa do Baile está reformada e maravilhosa como sempre foi e continua fazendo muito sucesso entre os turistas.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Igreja São Francisco de Assis

Ah, quem não ama a Igrejinha da Pampulha? É, de fato um dos maiores e mais famosos cartões-postais da cidade, recebe visitas de todo o país e do mundo para ver suas linhas modernas e curvas de uma arquitetura atraente. A igreja passou por momentos delicados na sua construção. Muitos achavam moderna demais, e ainda houve a polêmica da pequena alteração que não foi aprovada pela arquidiocese de BH.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Museu de Arte

O MAP é uma beleza de prédio. Uma linda e luxuosa edificação que sempre encheu os olhos dos turistas que visitam a Pampulha. No começo foi um casino que durou pouco tempo até a proibição de jogos de azar. Hoje o Museu é referência na cena artística de Belo Horizonte e um cenário predileto das noivas e gestantes para seus ensaios fotográficos.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Mineirão

Eu, que sou apaixonado por futebol, juntamente com a gigante fama na cidade é impossível não falar do Mineirão. A história do estádio é longa, e tentei resumir de forma que ficasse bem clara de como foram os acontecimentos até sua inauguração. O Mineirão é hoje um estádio multiuso e a casa do torcedor mineiro. Aqui já vimos glórias e tristezas, dramas e alegrias, e é claro, gols, muitos gols!

Clique para ler mais

 

 

 

 

Memorial Minas Vale

O antigo prédio da Secretaria da Fazenda sofreu uma grande reforma e hoje abriga várias exposições artísticas e permanentes que valorizam a história e essência de Minas Gerais. O Memorial conta com galerias interativas, deixando a experiência para o visitante ainda mais diferenciada.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Museu das Minas e do Metal

Este museu que funciona no prédio da antiga Secretaria de Educação aborda todas as riquezas naturais do estado. Lá o visitante aprende sobre os diversos trabalhos que são feitos com materiais recicláveis e sobre a mineração. Se trata de um grande aprendizado sobre pedras preciosas e elementos que são encontradas no solo mineiro.

Clique para ler mais

 

 

 

CCBB

O Centro Cultural do Banco do Brasil recebe milhares de turistas mensalmente. São diversas atrações culturais dentre elas: exposições, shows, peças de teatro, apresentações além de opções para o público infantil. Trabalhos de muitos artistas famosos passaram pelas galerias do CCBB e é um dos mais importantes pontos turísticos do Circuito Liberdade.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Savassi

Antes de ir precisamos perguntar qual ônibus passa lá kkkkkkkk. Escrevi sobre um dos mais tradicionais bairros de BH e você vai conhecer de onde surgiu o nome e o motivo de ter ficado tão famosa. Muita gente não sabe que o ‘pirulito’ Praça Sete ficou lá durante um tempo. Mesmo assim a região sempre foi famosa por seus cafés, suas lojas e por seus casarões antigos. Tradição e modernidade pulsam até hoje na Savassi.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Espaço do Conhecimento da UFMG

Conhecimento é algo especial, uma coisa que agrega valor para a pessoa em qualquer aspecto e que ninguém pode tirar de você. E esse Espaço você aprende sobre como surgiu a humanidade, sua evolução ao longo dos séculos e literalmente o espaço. Todo o lugar é bem sinalizado e todas as galerias são intuitivas. Além disso, o visitante pode usar o telescópio para observar o céu de dia ou de noite.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Praça do Papa

Um dos melhores lugares para comprovar o nome da cidade, e não sou eu que estou falando, foi o Papa João Paulo II que disse quando visitou a Praça Israel Pinheiro. Você também vai conhecer sobre como surgiu o bairro Mangabeiras e como a praça se tornou um dos pontos turísticos mais visitados da capital.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Avenida Afonso Pena

A vida em Belo Horizonte passa pela Afonso Pena. Seja no ônibus, no carro, a pé ou de bike, a longa e larga avenida possui prédios históricos, ótimos lugares para frequentar e é o principal palco de vários eventos e manifestações. Subi a Afonso Pena e fotografei de vários ângulos mostrando a minha visão da avenida.

Clique para ler mais

 

 

 

 

Arquitetura de BH

Você certamente deve ter passado em frente a algum casarão ou prédio antigo e deve ter pensado: “nossa, que bacana essa arquitetura”. São várias edificações espalhadas pela cidade com os mais diversos estilos. Belo Horizonte é um paraíso para os estudantes de arquitetura, pois é incrível como a cidade é eclética quando encontramos prédios super modernos ao lado de prédios que existem há mais de 70 anos.

Clique para ler mais

Diego Martins
Diego Martins
28 anos, Atleticano, formado em Design Gráfico pelo UniBH e em fotografia pela Escola Metrópole. É apaixonado por futebol, história, arte, mesa de bar com uma boa conversa e tem a fotografia como sua mais nova paixão. Quando não está fotografando, adora ver filmes, seja em casa ou no cinema. Não trocaria Belo Horizonte por lugar nenhum do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *