Culturaliza Gastronomia

Fish n’ Chips Sirène: Uma ótima opção para os apaixonados por peixe

Neste domingo (07/07), BH recebe oficialmente a rede Fish n’ Chips Sirène, na rua Sapucaí. O bar Sirène foi fundado em 2016 na cidade de Curitiba e é bastante conhecido, com unidades em outras cidades do país como Brasília e Florianópolis. Quinta-feira (04/07) nós do Culturaliza BH marcamos presença na abertura exclusiva para jornalistas, influenciadores e amigos.

 

O local escolhido em BH para o Sirène combina muito com a proposta do bar, afinal está bem na rua do mirante da Arte Urbana da cidade. Segundo uma das proprietárias da unidade de BH, Mayana Freitas: “O Sirène é um espaço democrático voltado para todo tipo de arte, seja fotografia, urbana, dança, exposições e outros, além de eventos como formaturas.”. Ela também explicou o porque da falta de cadeiras e mesas, “É uma maneira de facilitar a circulação das pessoas ambiente”.

 

Uma demonstração dessa proposta artística é o painel pintado, especialmente para o Fish n’ Chips de BH, pelo artista plástico Davi de Melo Santos, mais conhecido como DMS, a pintura cobre uma parede inteira, com sereias e pexes. Se está se pergunta se já ouviu o nome DMS, a resposta é sim, ele é o artista que fez o painel do abraço entre o dia e a noite do festival Cura – Circuito Urbano de Arte.

 

O tema do Fish n’ Chips vem do nome Sirène, que é Sereia em francês, e está presente em todos os detalhes do local, da arte na parede, na logo, nos nomes dos drinks, nos ecos copos, nas alavancas das maquinas de chopes, nas canecas e nos acessórios.

 

O Sirène é o local ideal para os apaixonados por batatas e peixe frito, em seu menu encontramos o Fish e Chips (peixe e batatas fritas), o Só Fish, Só Chips, Só Chips Doce (com batata doce) e o Sandufish. Essa escolha de cardápio foi inspirada pela comida britânica Fish&Chips, que é servida em cones sem precisar da utilização de pratos e talheres, você pode simplesmente comprar e sair se deliciando rua a fora, o único que não é servido assim é o Sandufish. Após decidir o que comer escolha quais dos seis molhos presentes no cardápio serão os acompanhamentos, a maionese, o picante e o tártaro da casa ou a mostarda, o catchup e o barbecue, na dúvida escolha três e no próximo pedido os outros três.

 

Na parte das bebidas tem chopes como: o Maracutaia e Pale Ale de Maracujá, e vários drinks como o Sereia A Loka, o Sereia Iara ou o Sereia Miranda. Para aqueles que não curtem bebidas com álcool tem as opções: refrigerantes e chá matte gelado (que são servidos com xaropes nos sabores melão, mação verde e cranberry).

 

O Fish n’ Chips Sirène não é apenas um bar, é uma marca. Além da comida e da bebida, você também encontra acessórios como: camisas, bonés e meias, assim como canecas de chopes e ecos copos disponíveis para compra. Tanto as canecas quantos os ecos copos foram a maneira que a franquia escolheu para diminuir o uso de copos descartáveis. Ao comprar a caneca ela recebe uma etiqueta com o nome do dono e o freguês tem a opção de deixá-la no bar para quando voltar ou de levá-la para casa.

 

O Sirène é uma novidade bem vinda para todos aproveitarem a vista do mirante, além de um espaço legal e alternativo com um bom atendimento, tilápia e batatas saborosas, e bebidas que prometem cair no gosto das pessoas. Eu disse lá em cima que o Maracutaia é rosa? Pois é!

 

 

Endereço:

R. Sapucaí, 535 – Floresta.

Maristela Chaves
Maristela Chaves
Admiradora da vida, formada em Jornalismo pelo UniBH, leitora assídua, romancista de corpo e alma, autora anônima de romances, fotógrafa profissional e amante de música pop e MPB. Apaixonada por Beagá, pelas montanhas que a cercam e sua cultura, mineira da cabeça aos pés que fala Uai e Trem o tempo todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *