Destaque Teatro

Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi em “Os Guardas do Taj” neste final de semana em BH

O Cine Theatro Brasil Vallourec recebe neste sábado e domingo (30 e 31/03), dentro da Mostra Cine Brasil Teatro e Música, o espetáculo “Os Guardas do Taj”, com Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi no elenco e texto do premiado autor americano Rajiv Joseph

 

A peça dá destaque a dois guardas em um enredo que se passa em 1648, na noite que antecede à inauguração do monumento indiano, quando dois oficiais são encarregados de fazer a proteção do mausoléu e recebem uma importante diretriz: devem permanecer de costas, proibidos de olhar para trás. Além disso, são escalados para participarem da famosa lenda que cerca o Taj Mahal, quando o imperador ordena a mutilação dos operários que trabalharam na construção do edifício.

 

Após isso, uma amizade construída desde a infância começa a estremecer quando o bem-mandado Humayun (Gianecchini) cumpre a determinação e Babur (Ricardo Tozzi) se corrói de curiosidade e insatisfação. Sendo assim, os dois iniciam um embate sobre os assuntos acerca de tolerância e hierarquia, levando o público a refletir a respeito dos sacrifícios ao longo da história para realizar os caprichos dos poderosos.

 

 

Espetáculo OS GUARDAS DO TAJ | Mostra Cine Brasil Teatro e Música

Quando e horas: 30 de março (sábado, às 21 horas) e 31 de março (domingo, às 19 horas)

Onde: Grande Teatro Unimed BH – Cine Theatro Brasil Vallourec (Praça Sete – Belo Horizonte – MG)

Quanto: R$60 (inteira)

Vendas: www.eventim.com.br

Bilheteria Cine Theatro Brasil Vallourec ( Av. Amazonas, 315 – Centro)

Loja Eventim (Shopping 5ª Avenida: Rua Alagoas, 1314 – Loja 20C– Savassi). Sujeito a taxa de conveniência.

 

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *