Culturaliza Literatura Poesia

Poetiza BH: Soslaio

O que aplaca são os silêncios
Os motivos que formam o tempo
O corpo
Em grandes doses de verão e solitude
Onde a sombra me toma as mãos
Dança
Não as devolve
E revolve as ante salas
Onde estão imóveis
Os sons de ontem
Todos eles guardados
À espera do próximo amanhecer
Brotar
Durante todo à noite
Estive aqui
No eclipse que são os segredos
Estes que não transpõem o dia
Apenas quando exposto
Doa-se o coração…

 

Poema de Bernardo Nogueira

Foto: Wagner Correa

Instagram: Café de Imagens

Deixe o seu comentário

Bernardo Nogueira
Bernardo Nogueira
Professor da Escola de Direito do Centro Universitário Newton Paiva, mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, doutorando em Direito pela PUC/MG, autor dentre outros dos livros: "Cinema com Filosofia", "FOTOcontinuo", "Avôrio", "Direito e Literatura". Talvez poeta...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *