Culturaliza Literatura Poesia

Poetiza BH: Elas passarão, ele não…

Dançarei enquanto buscas alento
No instante em que se vai
Meu pólen embaraça seu olfato
Por debaixo do sol
Queimo suas lembranças
Enquanto minha tez
Exibe-se a todos os passantes
Que me olham
Desejam
Alguns, abusados,
Me tocam
Finjo não gostar
Mas de dentro
Espalho líquidos secretos
Que são
Enfim, poções mágicas
Feitas desde sempre
Pelas bruxas que me conceberam
Gozo quando vejo colisões
Causadas pela distração dos que me veem
Enquanto isso
Torno-me aos céus
Onde escuto gemidos a me buscar
E quando cai em mim o tempo
Do inverno
Da chuva
Do sol
Deito em ti minhas raízes
E broto
Por dentro
E assim
Perdes o duelo
Me buscas como se buscasse a si
Eis o mistério de amar

B.

 

Poema de Bernardo Nogueira

Foto: Wagner Correa

Instagram: Café de Imagens

Bernardo Nogueira
Bernardo Nogueira
Professor da Escola de Direito do Centro Universitário Newton Paiva, mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, doutorando em Direito pela PUC/MG, autor dentre outros dos livros: "Cinema com Filosofia", "FOTOcontinuo", "Avôrio", "Direito e Literatura". Talvez poeta...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *