Colunas Culturaliza Rolê Fotográfico

Rolê Fotográfico: Memorial Minas Gerais Vale

E aí, tudo bem? Trouxe mais um rolê fotográfico bacana de um lugar surpreendente. Trata-se de um dos recentes espaços com grande representatividade na cena cultural e turística de Belo Horizonte. Espaço que se encontra em um dos lugares mais exuberantes e históricos da nossa capital. Abrindo o Circuito Liberdade, falaremos de principais atrações para serem conhecidas deste roteiro. Sendo assim, começo falando sobre o Memorial Minas Gerais Vale.

 

 

Liba – cultura, cores e tribos

 

Quem não ama a Praça da Liberdade? Um lugar cheio de energia, onde história, modernidade e natureza vivem em perfeita harmonia. A parte mais alta do contorno central é uma das mais antigas da cidade, escolhida a dedo para ser a sede do governo do estado, na construção da nova capital no século XIX. A Praça foi feita com fortes referências nos jardins do Palácio de Versalhes e ainda mantém sua fachada original. Foi palco de momentos históricos da história de BH e do estado, abrigou os primeiros anos da Feira Hippie que foi para a Av. Afonso Pena anos depois. Com o tempo, a Liba foi ficando mais moderna, sem perder seu charme de lugar histórico, e cada vez mais foi se tornando palco de eventos culturais e recebendo pessoas de variados estilos, seja a galera que vai pra fazer uma caminhada, os estudantes para bater um papo depois da aula, a galera da arte que marca presença nos museus e nas exposições, os artistas de rua, os hippies vendendo seus artesanatos, pessoas passeando com seus dogs, gente meditando, gente namorando. A Liba é para todos!

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

De secretaria a memorial

 

Subindo a rua da Bahia já na esquina da rua Gonçalves Dias se encontra este lindo prédio de cor Ocre, com uma fachada em estilo eclético datado de 1987, e lá abrigava a Secretaria da Fazenda, instalada na construção da nova capital. Traços marcantes, linhas, contornos, rico em detalhes, tudo para mostrar imponência e modernidade de uma Belo Horizonte que nascia já vislumbrando o futuro. Além da Secretaria da Fazenda, foram construídos outros quatro grandes prédios: o Palácio da Liberdade; a Secretaria de Educação (atual Museu das Minas e do Metal) ; a Secretaria de Viação (atual Casa do Patrimônio Cultural e sede do IEPHA) e a Secretaria de Interior e de Justiça (atual CCBB). Com a construção da Cidade Administrativa, todas as secretarias foram transferidas, e, o antigo prédio da Secretaria da Fazenda ficou sob responsabilidade da Fundação Vale para restauração, reforma e instalação de um Memorial.

 

Antiga Secretaria de Finanças. Foto da década de 30 | Fonte: http://mapio.net

 

 

Memorial Minas Gerais Vale

 

Em 2010 o memorial foi inaugurado e integrado ao Circuito Liberdade. Com o objetivo de representar Minas Gerais em toda sua diversidade, o memorial conta com um gigantesco acervo, além de atividades gratuitas como: apresentações musicais, saraus, lançamentos de livros, atrações infantis e outras exposições. Afim de levar uma experiência única para seus expectadores, o memorial conta com várias atrações puramente interativas, fazendo com que a visita seja aproveitada e entendida por cada um, e isso é um dos principais atrativos em todo seu interior. Dividido em três pavimentos, o memorial é composto por incríveis 31 salas de exposição que busca colocar em contato direto o passado e o presente, mostrando toda a riqueza histórica do nosso estado. Cada uma das salas compõem um pedacinho específico de história e identidade do nosso povo e sua essência mineira.

 

 

Primeiro pavimento

 

  • Sebastião Salgado – exposição das suas lindas fotografias, além de vídeos sobre suas viagens. Há ainda uma versão gigante do seu livro Genesis;
  • Carlos Drummond de Andrade – Mostra de suas famosas poesias em manequins assinados pelo estilista Ronaldo Fraga;
  • Guimarães Rosa – Nesta sala podemos conhecer mais sobre sua vida e inspirações. Há também um ipê rosa florido que representa os seus sertões e você pode levar de lembrança uma “flor” com trechos de sua principal obra;
  • Lygia Clark – mais um ótimo atrativo que conta sua história e carreira, além de expor algumas de suas obras;
  • Espaço Ler e Ver – dedicado à leitura, atividades artísticas e educativas;
  • Midiateca – um espaço todo interativo com documentários e curtas-metragens.

 

 

Segundo Pavimento

 

  • Panteão da Política Mineira – esta é minha sala predileta! Cada personagem num quadro conta de uma forma sensacional a história da inconfidência mineira;
  • Casa da Ópera – inspirada na Casa de Ópera de Ouro Preto fala sobre as práticas artísticas que iniciaram em Minas no século XVII;
  • A Fazenda Mineira – expõe todo objeto característico das fazendas mineiras, desde lampiões, janelas, panelões, materiais de garimpo, etc;
  • Barroco Sagrado e Profano – uma sala especial sobre uma das maiores expressões artísticas da história de Minas e do Brasil;
  • Histórias de Belo Horizonte – outra sala que adoro. Podemos ver vídeos contando a história da construção da capital e outras curiosidades;
  • Caminhos e Descaminhos – neste espaço podemos conhecer e ter a noção de como Minas Gerais possui tantos lugares para serem explorados;
  • Minas Rupestre – aqui entramos numa maravilhosa representação de uma caverna com os registros rupestres;
  • Povo Mineiro – nessa sala você entenderá a formação do povo mineiro a partir dos povos que influenciaram a cultura de Minas Gerais;
  • Vilas Mineiras – uma exposição linda das vilas do interior. É difícil explicar esta sala, é preciso ver.
  • A Família Mineira – esse espaço exibe depoimentos de diversas famílias mineiras que registram aqui a sua história. Você pode registrar a história da sua família e é só entrar em contato com o Memorial.

 

 

Terceiro Pavimento

 

  • Celebrações – sala dedicada às manifestações culturais em Minas: festividades, rituais sagrados, música, etc;
  • Corredor das Artes – o espaço é uma apresentação de renomados artistas plásticos mineiros e espaços culturais do estado;
  • Espetáculo Mineiro – sala da diversidade cultural de Minas. Aqui, o visitante encontra uma variedade de vídeos com apresentações de grupos de dança, música, teatro e entrevistas;
  • Modernismo Mineiro – aqui podemos conhecer mais sobre o movimento artístico que mudou os rumos da arte e da arquitetura. A sala é toda inspirada nas curvas de Oscar Niemeyer;
  • Sala Vale – o espaço permite ao visitante inserir-se no acervo vivo do Memorial Minas Vale, deixando ali, permanentemente exposta sua foto junto de figuras ilustres da história de Minas Gerais;
  • Vale do Jequitinhonha – nesta sala é possível observar diversos exemplares das cerâmicas do Jequitinhonha criados pelos artesãos locais;
  • Salas de exposições temporárias usadas para exposições de obras de artistas renomados. Desde 2013 o espaço já apresentou 19 exposições.
  • Auditório com capacidade para 84 pessoas usado para programações culturais.

 

 

Isso é basicamente um resumo sobre as salas e obras. O Memorial Minas Gerais Vale é um lugar que todo amante de história e arte precisa conhecer. Além disso, é um espaço onde nós mineiros podemos enxergar a nossa essência, o valor do nosso povo. Só ler sobre o memorial não basta, pois o que importa é experiência. O horário de funcionamento é das 10h às 17:30 nas terças, quartas, sextas e sábados; 10h às 21:30 nas quintas e de 10h às 15:30 nos domingos. Espero que você tenha gostado, e até o próximo rolê. 😉

 

PS: pelo fato de algumas salas terem pouca ou nenhuma luz e ser proibido o uso de flash, pude tirar somente algumas fotos.

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Fontes:

http://memorialvale.com.br/

http://www.circuitoliberdade.mg.gov.br/pt-br/

Diego Martins
Diego Martins
28 anos, Atleticano, formado em Design Gráfico pelo UniBH e em fotografia pela Escola Metrópole. É apaixonado por futebol, história, arte, mesa de bar com uma boa conversa e tem a fotografia como sua mais nova paixão. Quando não está fotografando, adora ver filmes, seja em casa ou no cinema. Não trocaria Belo Horizonte por lugar nenhum do mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *