Diversão Resenhas Shows

Letrux em uma noite de muito climão, no Distrital

Na sexta (04/05), o Distrital teve uma noite com muito climão, ao som de Letícia Novaes, mais conhecida como Letrux. A cantora carioca foi vencedora da categoria “Melhor Álbum do Ano”, do Prêmio Multi Show 2017, com o álbum “Letrux em Noite de Climão”. A festa contou também com a animação do coletivo Toda Deseo, na discotecagem, e com uma rápida apresentação pra lá de sensual do músico Marcelo Veronez, com muitos beijos e frutas. 

 

O repertório do Toda Deseo variava entre músicas nacionais, latinas e pop e isso fez com que todos aguardassem ansiosamente Letrux, que subiu ao palco por volta de 0h já de sábado, com um véu vermelho enrolado no rosto, ao som de “Vai Render”, dando uma dica do que ia rolar nas próximas horas de show. “Bota a mão na cabeça que isso aqui vai render”. Rendeu tanto que o público, na segunda música, “Ninguém Perguntou Por Você”, já não estava mais no mesmo lugar, após pulos e gritos.

 

Foto: Fernando Henri | Pin Fotografia

 

Acompanhada de uma banda incrível, Letrux viu um público super animado e que sabia cantar todas as suas letras. Eu, por exemplo, fiquei bem na frente acompanhando cada momento daquele espetáculo e pude perceber que, além de cantar, as pessoas também riam das canções, devido às mensagens irônicas e diferentes que eles trazem.

 

“Não aguento mais olhar pra pele. E ver o seu nome tatuado. E saber que o meu virou uma cobra. Sendo que você agora é a própria”

– Trecho da faixa “Além de Cavalos”

 

A música “Estrago” foi apresentada ao lado de Julia Branco e o momento foi marcado pelas duas performances e total interação do público, principalmente no trecho que faz a língua ficar bem agitada na boca: “Deda, deda, deda, deda, deda, dedada. Molha, molha, molha, molha, molha, mulher molhada.”

 

Uma das músicas mais esperadas da noite foi, com certeza, “Flerte Revival”, por isso, a penúltima do show. A faixa traz uma sonoridade eletrônica e mensagens cantadas de forma arrastadas por Letrux: “Eu  te vi nas artes plásticas. Cê mexeu demais comigo. Tu é um revival do marinho. Cê sabe circular. Meu look eu pensei  o dia inteiro. Só pra te encontrar. Menino, tu é um perigo. Me avisaram, mas não deu tempo. Eu fico na pista o set inteiro. Dançando como se. Seu corpo estivesse junto do meu, marinheiro. “

 

Foto: Fernando Henri | Pin Fotografia

 

A escolhida para fechar o show foi “Noite Estranha, geral sentiu”. Geral sentiu tanto que pediu mais e mais. Após muitos gritos e pedidos, Letrux e banda apresentaram, novamente, “Ninguém Perguntou Por Você”. 

 

A cantora carioca sabe bem dominar o palco e nessa segunda vez em BH, como Letrux, viu gente gritando seu nome, com camisas com seu rosto estampado, olhos brilhando, mãos balançado e muitos apaixonados. Se eu fosse lançar um álbum, algum dia, seria igual ao “Letrux em Noite de Climão”(rsrsrs). Enfim, sou muito suspeito para falar de Letícia!

 

Fique agora com algumas fotos do show, registradas pelo Fernando Henri, da Pin Fotografia. Ah, e, em breve, tem entrevista com Letrux, no nosso canal, no YouTube. Fique atento. 

 

Para finalizar, agradeço à toda equipe do Distrital, que caprichou na produção do evento <3 

 

Galeria:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *