Culturaliza Dicas Diversão Shows

Filarmônica de Minas Gerais apresenta “Expedições Musicais”- Fora de Série 2018

A Filarmônica de Minas Gerais dedica-se neste sábado, dia 14 de abril, a música francesa, em suas “Expedições Musicais”, dentro da série Fora de Série 2018. Na ocasião, serão celebrados os 200 anos de nascimento de Gounod, com sua Pequena Sinfonia, e os 100 anos de morte de Debussy, com La boîte à joujoux, além da alegre Sonata para trompa, trompete e trombone, de Poulenc, escrita para instrumentos de sopro, e as Gymnopédies 3 e 1, de Erik Satie. A regência é do maestro Fabio Mechetti, e os músicos que integram o trio de metais são Daniel Leal (trompete), Alma Maria Liebrecht (trompa) e Diego Ribeiro (trombone). Os concertos da série Fora de Série de 2018 sempre terão em seu programa uma obra de câmara que será apresentada por músicos da Filarmônica.

 

A série Fora de Série tem como tema Expedições musicais. Os nove concertos exploram diferentes regiões e culturas por meio das variações formais que a música pode ter. As apresentações são iniciadas com obras camerísticas, e o repertório segue com peças de estruturas musicais maiores para grupos mais numerosos. Os temas dos concertos são: Itália, França, Rússia, Leste europeu, Estados Unidos, Países hispânicos, Países nórdicos, Alemanha e Brasil.

 

Além de Regente Titular da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais desde sua criação, em 2008, o maestro Fabio Mechetti, também é diretor artístico e posicionou a orquestra mineira no cenário mundial da música erudita, conquistando alguns prêmios, levou a Filarmônica a quinze capitais brasileiras, a uma turnê pela Argentina e Uruguai e realizou a gravação de oito álbuns, sendo três para o selo internacional Naxos. Natural de São Paulo, Mechetti serviu recentemente como Regente Principal da Filarmônica da Malásia, tornando-se o primeiro regente brasileiro a ser titular de uma orquestra asiática.

 

Quanto ao repertório será apresentado a Sonata para trompa, trompete e trombone de Francis Poulenc, uma das três sonatas para sopros compostas por ele nos anos 1920, a Pequena Sinfonia de Gounod de Charles Gounod, também será executada, considerada um exemplo das melhores qualidades do seu compositor. Na construção da modernidade musical na França, Claude Debussy ocupa um lugar privilegiado. Seu rompimento com o passado revela um pensamento sonoro totalmente novo que alterou de maneira definitiva a escuta musical, outra obra que o público terá o privilégio de acompanhar. A noite de sábado ainda terá a execução da obra de Erik Satie que através das mãos milagrosas de Debussy, criava a versão orquestral para as Gymnopédies 3 e 1 de Satie.

 

Abaixo informações sobre a apresentação:

Filarmônica de Minas Gerais apresenta “Expedições Musicais”- Fora de Série 2018

Quando: 14 de abril

Hora: 18h

Quanto: R$ 44 (Coro), R$ 50 (Balcão Palco) R$ 50 (Mezanino), R$ 68 (Balcão Lateral), R$ 92 (Plateia Central) e R$ 116 (Balcão Principal).

Onde: Sala Minas Gerais – Rua Tenente Brito Melo, 1090 – Bairro Barro Preto

 

Deixe o seu comentário

Joseane Santos
Joseane Santos
Canceriana do coração apaixonado, amante da boa música, atleticana no corpo e na alma, mineirinha do interior que encontrou na capital seu lugar no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *