Culturaliza

Dança – 44ª Campanha de Popularização do Teatro & Dança

Amar-Te

 

 

 

 

O Amor é fascinante, um sentimento universal, contendo
uma linha tênue, que o separa do ódio e da indiferença. Esta
é a temática de “Amar-te”, espetáculo da Interpasso Cia de
Dança que, após investigação e pesquisa sobre as várias
situações de amor, traz para cena, o Amor e o Amor além
do Amor, demonstrando o que vislumbramos ser as formas
mais fortes e que casam com o nosso objetivo de tocar os
corações dos espectadores com a nossa arte.

 

Quando e onde: Teatro Francisco Nunes
02 fev | Sex: 20h
Teatro Marília
03 mar e 04 mar | Sáb e Dom: 20h

Quanto: R$15,00

Classificação: Livre

Duração: 60min.

 

Asararas 

 

 

No Asararas duas cabeças se encontram e se confrontam
com os seus movimentos, palavras e comandos neurais
sobrepostos, fracionando os tempos através de jogos não
lineares, vertiginosos e contagiantes. A exaustão e os limites
da memória tornam as atenções múltiplas e o movimento
involuntário. Quem estabelece a regra? Asararas preveem,
ou recriam a todo momento?

 

Quando e onde:

C.A.S.A. (Sala Dudude)
03 mar | Sáb: 19h

Quanto: R$11,00

Classificação: 12 anos

Duração: 50min

 

Batuca Tango

 

O espetáculo esta marcado pelas coreografias em grupo, a
presença de sapateado e o som dos tambores. O Quarteto
Tangente executa a trilha sonora ao vivo na voz de Lívia
Itaborahy.

 

Quando e onde:
Teatro Bradesco
27 fev a 01 mar | Ter a Qui: 21h

Quanto: R$19,00

Classificação: Livre

Duração: 55min.

 

Cidade dos Sonhos, Recanto das Virtudes 

 

Pensar a vida fora dos limites do possível. É o convite da Cia.
de Dança Sesiminas em seu novo espetáculo. Com roteiro de
Eduardo Moreira, direção de Inês Peixoto, coreografia de Ane
Adade e trilha de Kiko Klaus, “Cidade dos Sonhos, Recanto
das Virtudes” revela momentos de uma cidade ideal em
que as virtudes são vivenciadas e praticadas nas situações
cotidianas. Focada no universo lúdico, a montagem inédita
faz um resgate às lembranças da infância, com humor e
poesia. Um espetáculo para todas as idades.

 

Quando e onde:
Sesiminas (Grande Teatro)
03 mar e 04 mar | Sáb e Dom: 16h

Quanto: R$11,00

Classificação: Livre

Duração: 50min.

 

Con(fluências)

 

Con(fluências) tem como dispositivo de criação o livro Obra
aberta, de Umberto Eco, e sua resignificação nos dias atuais.
Nesse projeto, torna-se o território de encontro entre artistas
que utilizam a linguagem da improvisação para compor e
criar uma poética do instante promovendo o diálogo entre
dança, música, literatura e artes visuais. Entendendo o
trabalho de composição no instante como uma escolha
estética, filosófica e também política.

 

 

Quando e onde:
C.A.S.A. (Sala Dudude)
04 mar | Dom: 19h

Quanto: R$11,00

Classificação: Livre

Duração: 40min.

 

Elementais 

 

O espetáculo traz os quatro elementos: terra, água, fogo e
ar. Coreografado por Emaline Laia, o trabalho envolve muita
energia e mostra como os elementos têm importância
em nossas vidas, tanto na natureza quanto em nossos
corpos. Cada elemento, responsável por dinamizar as
energias que formam a natureza, tem a sua característica
própria, destacada pela força, entrega e movimentação dos
bailarinos em cena.

 

Quando e onde:
Sesiminas (Grande Teatro)
17 jan | Qua: 21h

Quanto: R$17,00

Classificação: Livre

Duração: 50min.

 

Garrafa Enforcada 

 

Livremente inspirado no livro “História dos nossos
gestos”(1976), escrito pelo historiador Câmara Cascudo.
A partir dos gestos descritos por Cascudo em seu livro, o
elenco, sob a direção de Mário Nascimento e Rosa Antuña,
começou um estudo corporal para transformar cada gesto
em movimento. Foi um mergulho na ancestralidade gestual
do povo brasileiro, com ecos da África, da Península Ibérica
e, claro, das etnias ameríndias.

 

Quando e onde:
Teatro Francisco Nunes
22 fev a 25 fev | Qui a Dom: 20h

Quanto: R$11,00

Classificação: Livre

Duração: 45min.

 

Maçarico 

 

 

Em um futuro indefinido, talvez logo após o fim do mundo,
parece ser preciso imaginar outra civilização. Tendo diversas
faces da solidão contemporânea como ponto de partida,
“Maçarico”, investiga as relações entre o ser humano e a
natureza, lembrando-nos de que dela viemos e a ela, cedo
ou tarde, precisaremos retornar.

 

Quando e onde: 
Funarte MG
01 fev a 04 fev | Qui a Sáb: 21h, Dom: 20h

Quanto: R$15,00

Classificação: Livre

Duração: 60min.

 

Prefácios 

 

Dia 01 março – Prefácios 1 (Capela Gerais). Dança
contemporânea – Aspectos relevantes das culturas tradicionais
populares mineiras.
Dia 02 março – Prefácios 2 (Caminho e Caos) Caminho calado,
contente, congruente, causa e consequência da criação.
Dia 03 março – Prefácios 3 (Variáveis ocultas). Habitar
os espaços entre, transpassar as fronteiras, assumirse
à margem, tocar o indeterminado – a rede de afetos
que compõe o gesto – penetrar o oposto, complementar,
descobrir-se outro(a).
Dia 04 março – Prefácios 4 (Encontros). Espetáculo criado
através do improviso.

 

Quando e onde:

Funarte MG
01 mar a 04 mar | Qui a Sáb: 21h, Dom: 20h

Quanto: R$15,00

Classificação: 10 anos

Duração: 55min.

Brasil das Gerais 

 

 

Narrado por duas bonecas da nossa literatura, Brasil das
Gerais é um espetáculo alegre e ritmado que em sua
nova roupagem comemora os 16 anos do grupo Guararás.
Mesmo envolto de criatividade, busca ser fiel às tradições
culturais, aos rituais religiosos, às festas populares do
calendário brasileiro. Coordenado pelo prof. Carlos Moreira
já foi apresentado em todo Brasil e Europa.

 

Quando e onde: 
Sesiminas (Grande Teatro)
24 jan | Qua: 20h30
Cine Theatro Brasil Vallourec (Grande Teatro)
09 fev | Sex: 21h
Sesiminas (Grande Teatro)
21 fev e 28 fev | Qua: 20h30

Quanto: R$15,00

Classificação: Livre

Duração: 90min.

 

Traçado 

 

 

Através de traços e rabiscos tudo se começa. Traçado
mostra através de seus bailarinos que uma tela em branco
tudo permite, tudo se mistura e transforma. Assim como a
vida – que de linear nada tem. A cada dança, a cada passo,
uma obra de arte em tela é criada e o público degusta em
cada movimento uma obra de arte dentro da outra.

Quanto: R$15,00

Classificação: Livre

Duração: 50min.

Quando e onde:
Cine Theatro Brasil Vallourec (Grande Teatro)
05 fev | Seg: 21h

 

Buenos Aires 9090

 

Belo Horizonte respira “ares” de Buenos Aires. O som da
Maria Fumaça mineira se confunde com o barulho dos trilhos
de trem do Caminito, o bairro “do tango” da cidade Portenha.
9090 é o prefixo de um desses trens que trarão para o
palco grandes nomes da dança de salão belohorizontina.
Embalados ao som de grandes músicos da cidade o projeto
Ímpares apresenta “Buenos Aires 9090”, uma viagem do
tango a Minas Gerais.

Quanto: R$11,00

Classificação: Livre

Duração: 80min.

Quando e onde: 
Sesc Palladium (Grande Teatro)
16 fev e 17 fev | Sex e Sáb: 20h30

 

Nuvens de Barro 

 

 

O espetáculo se inspira no universo poético de Manoel
de Barros para recria-lo nos corpos em movimento.
Tomando como pretexto suas palavras “poesia não é para
compreender, mas para incorporar”, foram dadas formas a
um mundo em que realidade e imaginação se misturam, o
humano se coisifica e as coisas se humanizam… a ludicidade,
o humor, e a sensibilidade do poeta são evocadas, pedindo
permissão para “voar fora da asa”.

 

Quando e onde:
Palácio das Artes (Grande Teatro)
24 fev e 25 fev | Sáb: 20h, Dom: 19h

Quanto: R$11,00

Classificação: Livre

Duração: 50min.

Optempo

 

 

A poética da frase imortalizada traz o surgimento do conceito
deste espetáculo que a Incomodança propõe para mais uma
vez analisarmos: se o tempo não pára, o que fazemos com
esse nosso bem mais perecível? Que espaço o tempo ocupa
na vida das pessoas? Ficamos sentados vendo o tempo
passar ou passamos por cima do tempo? Opte no seu tempo.

 

Quando e onde:
Sesc Palladium (Grande Teatro)
12 jan | Sex: 20h30
Teatro Francisco Nunes
20 fev e 21 fev | Ter e Qua: 20h30

Quanto: R$11,00

Classificação: Livre

Duração: 60min.

 

Por um Fio 

 

 

A companhia transpõe o fascínio pelos bordados, escritos,
amontoados de Arthur Bispo do Rosário, para o emaranhado
de braços e corpos que bordam coreografias. Emaranhado
de fios elétricos, filamentos das lâmpadas incandescentes
que se confundem com os fios condutores das coreografias
e com a sucata do trabalho dos bailarinos, que lhes servem
de matéria prima para a composição da obra.

Quanto: R$15,00

Classificação: Livre

Duração: 60min.

Quando e onde:
Sesc Palladium (Grande Teatro)
24 fev e 25 fev | Sáb: 21h, Dom: 20h

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *