Cobertura Destaque Resenhas Shows

Samba Prime é puro sucesso em sua 6ª edição

No último sábado, conferimos, de perto, a 6ª edição do Samba Prime. Essa edição foi a segunda do ano e, como sempre, foi um sucesso!

Cerca de 20 mil pessoas lotaram o Expominas e foram conferir os grupos Tá na Mente, Sorriso Maroto, Belo, Raça Negra, Imaginasamba, Turma do Pagode e Pixote, além de diversas participações especiais que vou te contar ao longo deste post. 

Um dos pontos positivos do festival é a presença de dois palcos, para que o tempo de espera entre uma atração e outra seja o menor possível.  Já dizia o lema do evento: “Não tem quem fale, é o Samba Prime!”

 

O grupo Tá na Mente abriu essa sexta edição e fez todo mundo cantar seus grandes sucessos, entre eles, “Jogo de Sedução” e “Não há limites”. Além disso, trouxe dois convidados ao palco: Chininha e Príncipe, ex integrantes do grupo Nosso Sentimento, com sucesso “Sonho de Amor” e o cantor Vitinho.
O vocalista Rony ainda distribuiu algumas rosas pras fãs. Fofíssimo!

 

Em seguida, foi a vez do grupo Sorriso Maroto levantar o Expominas recheado de grandes sucessos da banda. “Eu já te quis um dia” , “Lua de Mel”, “Indiferença” e “Assim Você Mata o Papai” estiveram presentes no repertório. A banda liderada por Bruno trouxe também a nova música de trabalho, “Anjos Guardiões do Amor” e ainda contou com a presença do grupo Papo di Bakana. Como sempre, uma apresentação de tirar o fôlego!

 

A terceira banda a se apresentar trazendo aquele pagode romântico de raiz foi o Raça Negra. Luiz Carlos mostrou qualidade e carisma no palco, ao lado de belíssimas dançarinas que sambaram muito ao som de seus grandes sucessos. Na estrada desde os anos 80, o Raça Negra trouxe clássicos como “Cheia de Manias”, “Deus me Livre” “É tarde demais”, todos lançados nos anos 90. A banda ainda cantou “Será”, do Legião Urbana. Só relíquia!

 

Se a planta gosta do Raça Negra eu não sei, mas eu sou bem suspeita…

 

Belo subiu ao palco em seguida arrancando suspiros de muita gente na platéia e ainda protagonizou um momento “cômico”. Um grupo de fãs fez a seguinte camisa:

 

Made in BELO Horizonte

 

…provando que o que não falta em nós é criatividade, não é mesmo? 

Belo trouxe sucessos como “Reinventar”“Razão da minha vida” “Eu não quero mais”, além de relembrar um antigo sucesso pelo grupo Soweto, do qual o cantor fez parte. O grupo mineiro Akatu subiu ao palco e dividiu o microfone com o cantor. Ambos interpretaram o sucesso “Não tem saída” e o público aprovou muito essa participação! 🙂

 

A Turma do Pagode, uma das atrações mais esperadas da noite, fez um show bastante animado e trouxe algumas gravações realizadas no DVD Misturadin, que traz grandes sucessos do pagode/samba mais antigos. Uma delas foi a versão de “Desliga e Vem/Gamei/Gandaia”, que no DVD conta com Péricles e Chrigor, ambos ex-integrantes do Exaltasamba. “Sobrenatural”, do Jeito Moleque, também integrou o repertório da banda. A apresentação ainda contou com a música nova “Cobertor de Orelha” e os já conhecidos sucessos “Deixa em Off” “Puxa Agarra e Beija” e “Pente Rala”.

 
Pra completar essa excelente apresentação, o grupo contou com a participação dos garotos do Sem Limite, que apresentaram sua música de trabalho “Sem Pudor”Os fãs que estiveram na frente do palco se deram bem: o vocalista Leíz aproveitou a apresentação do grupo convidado e fez várias selfies de cima do palco com o celular dos fãs. Sortudos! 🙂

 

Em seguida foi a vez do Imaginasamba levantar ainda mais o astral do evento. O grupo comandado por Suel trouxe diversos sucessos, mas o destaque fica por conta da parceria com as coleguinhas mais queridas do Brasil, Simone e Simaria“Fica” já tem mais de 17 milhões de visualizações no Youtube e deixou muita gente com os olhos marejados rs. O grupo da baixada Fluminense ainda contou com a participação dos queridos Swing & Simpatia, que fez todo mundo cantar o antigo sucesso “Toda Noite”. <3 

 

Pra encerrar com chave de ouro, o vocalista (e Mister Simpatia, diga-se de passagem) Dodô entrou no palco comandando o Pixote e encerrou o evento da melhor forma possível. Extremamente comunicativo, o cantor divertiu a platéia em diversos momentos e nos presenteou com sucessos como “Brilho de Cristal”, – quando reforçou que foi com essa música que tudo começou – “Fã de Carteirinha”, e fez um dueto lindo na música “Adeus”, com sua backing vocal. Quem esteve junto com o grupo foi o Pique Novo pra cantar “Ligando os Fatos“Pelúcia”.  O grupo mineiro Tykerê também esteve presente e embalou mais de 20 mil pessoas ao som de “O mal já passou”. Dodô reforçou que é necesário correr atrás de um sonho para torná-lo real e a importância de apoiar grupos menores para que possam estar na mídia. 

Atencioso como sempre, o vocalista ainda desceu do palco para cumprimentar os fãs deficientes físicos que estavam na área a frente do palco e encerrou essa sexta edição do Samba Prime ao som de “Insegurança”. Certamente, uma escolha acertada pra fechar o festival, que já tem data marcada pra 2018: 26 de maio. Já aviso com antecedência que é pra todo mundo se programar e comparecer a esse evento incrível e que já está consolidado no calendário da nossa capital!

 

Tem várias fotos aqui pra vocês conferirem e em breve teremos também um vídeo, no nosso canal no YouTube! Aproveite e já inscreva-se para não perder! Aguardem 😀

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

Deixe o seu comentário

Júlia Martins
Júlia Martins
Belorizontina, atleticana, Formada em Relações Públicas, mas aquele 1% quer fazer Jornalismo. Adepta de variados estilos musicais, não confia em quem não sofre ouvindo Belo e nem em quem não dança quando toca É o Tchan. Está acompanhando a evolução da internet desde a época do ICQ, do qual morre de saudades. Facilmente encontrada cantando Anitta ou sucessos antigos nos karaokês da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *