Destaque Música Resenhas Shows

“Beijo Estranho”, é lançado em BH. Um show do Vanguart!

Olá, Culturalizados! Como estão? Espero que bem!  🙂 

 

Estou aqui, mais uma vez, para compartilhar com vocês a experiência de mais um show da banda Vanguart e Nobat.

 

Na última sexta-feira dia 15 de setembro, A Autêntica, uma das casas de shows que mais gosto de BH; por oferecer espaço para a música autoral de alta qualidade, ambientes aconchegantes, cerveja gelada e ótimos preços – sem contar que o público é lindo- abriu suas portas para o som indie meio eletrônico e solitário do  belo-horizontino Nobat. Em 2012, lançou seu trabalho intitulado “Disco arranhado” com uma pegada fora de uma banda, diria bem intimista, bem cheio de subjetividade. “O Novato”, CD apresentado pelo cantor é seu mais novo  trabalho com grandes nomes de peso do cenário musical independente, que levou o público a cantarolar e dançar na abertura do show.

 

Ah! E o mais legal: Helio Flanders participa de “O Novato” e deu uma palinha no palco com Nobat.

 

Os DJ’s da noite, Gabriel Peixoto e Nest mandaram e interagiram muito bem até a atração principal chegar. Os caras são feras! 

 

Trazendo seu quarto álbum a BH, “Beijo Estranho”, o quarteto de indie rock Vanguart, mais uma vez levou seu público a loucura. O novo trabalho é a reinvenção da banda em sua nova formação. Arrisco a dizer que estão mais seguros; o que reflete positivamente em suas apresentações. Mesmo com a pós-modernidade presente no álbum, os elementos: amor, desamor, desejos, anseios, medos e dúvidas da ação de viver são pontos fortes.

 

Clássicas da banda também foram ao palco, fazendo com que o público cantasse, dançasse e se emocionasse com a sofisticação misturada com simplicidade da vida em forma de música!

Deixe o seu comentário

Paulo Antunes
Paulo Antunes
Taurino, Pedagogo, filho único, amante da musicalidade (com uma leve – talvez forte - tendência à MPB) e do sorvete de Macadâmia. Espiritualista por vocação e crente na bondade humana por opção. Digamos que é um mix de “som, silêncio e outras raridades."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *