Culturaliza Dicas Shows

Orquestra de Câmara SESIMINAS recebe maestro alemão Michael Rein

Dando sequência à série “Sempre às Quartas”, a Orquestra de Câmara SESIMINAS contará com uma participação especial, no dia 20 de setembro, após o grande sucesso proporcionado pelo maestro polonês Jaroslaw Lipke no mês passado, para esse concerto o convidado é o alemão Michael Rein, que terá dupla atuação, como regente e como violinista. 

 

O Concerto será aberto com o Adagietto da 5ª sinfonia, de Gustav Mahler, em dó menor. A sinfonia está escrita para grande orquestra, mas o autor reservou um momento de reflexão em meio à obra, fazendo uso tão somente das cordas juntamente com a harpa. Há quem diga que esta tenha sido a mais bela página que este genial compositor pôde escrever. Na sequência, o regente interpretará, desta vez como solista, o Concerto para violino e cordas, de Felix Mendelssohn

 

Alemão Michael Rein, estudou em Stuttgart e Freiburg, aperfeiçoando-se mais tarde na Guildhall School, de Londres. Em Essen, realizou estudos superiores de música de Câmara na Folkwang Hochschule, sob a orientação do professor Andreas Reiner. Na Europa, tem atuado junto a renomadas orquestras do porte da Filarmônica de Stuttgart e, no Brasil, foi professor e violinista do Festival Internacional de Música de Belém do Pará. Como regente trabalhou em importantes montagens de óperas, tendo regido a estreia mundial de Baba Jaga, do compositor australiano radicado na Holanda, Anthony Leigh Dunstan. Atualmente é membro da Netherlands Symphony Orchestra sediada em Enschede na Holanda.

 

Informações sobre o concerto:

Orquestra de Câmara SESIMINAS recebe maestro alemão Michael Rein

Quando: 20 de setembro

Hora: 20h

Onde: Teatro SESIMINAS – Rua Padre Marinho, 60 – Santa Efigênia  

Quanto: R$ 30 (inteira) – R$ 15 (meia)

Ingressos à venda na bilheteria do Teatro SESIMINAS ou pelo site www.tudus.com.br

 

Deixe o seu comentário

Joseane Santos
Joseane Santos
Canceriana do coração apaixonado, amante da boa música, atleticana no corpo e na alma, mineirinha do interior que encontrou na capital seu lugar no mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *