Culturaliza Literatura Poesia

Poetiza BH: Tardes Quentes

Linhas que contornam o tempo

Linhas coloridas de tons

Os tempos que correm pelas linhas

As linhas que comunicam-se pelas mãos

Histórias de vi(d)as

Vi ao longe a ponte que ia Ia de perto um trilho cantando

Fui levado pela linha dos seus olhos

Eles derreteram meu tempo

Meu tempo escrito em seus trilhos

Na trilha da ponte

Saltaram meus olhos

Rolaram para dentro dos seus

Trilhos,

À tarde

Te espero na estação

Antes que o sol se vá

Pois amar é quente e corre

Umedece

Mole

Dalí

Entre o céu e a terra…

 

Poema de Bernardo Nogueira

Foto: Wagner Correa

Instagram: Café de Imagens

Deixe o seu comentário

Bernardo Nogueira
Bernardo Nogueira
Professor da Escola de Direito do Centro Universitário Newton Paiva, mestre em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, doutorando em Direito pela PUC/MG, autor dentre outros dos livros: "Cinema com Filosofia", "FOTOcontinuo", "Avôrio", "Direito e Literatura". Talvez poeta...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *