Crônicas Culturaliza Literatura

Crônica: Deixa o sol entrar ou nuvens deixam o sol passar

Num daqueles momentos parada no sinal em uma avenida com uma praça no meio e a rodeá-la prédios antigos localizados no centro de um tempo da cidade.

 

Um daqueles tempos em que o sol esconde a beleza de um centro antigo a esperar por visitantes para admirar seus prédios e suas histórias.

 

Um daqueles prédios, no último andar, o morador observa os carros parados nos sinais rodeando aquela praça que abriga um chafariz central que o faz ser admirado pelos visitantes e suas máquinas fotográficas.

 

Um daqueles visitantes, uma criança, olha para cima e observa o sol escondido nas nuvens ou com preguiça de aparecer para deixar mais bela a cena de uma praça localizada no centro em volta de prédios antigos.

 

Observar para não perder o momento de um tempo da cidade, do prédio e da praça, que embriaga o olhar do morador, dos visitantes e dos motoristas parados no sinal!

 

Imagens minhas transformadas em textos às quintas-feiras

Deixe o seu comentário

Laura Barbosa
Laura Barbosa
Sou essa moça, mãe de menina, que se atreve a tirar fotos e brincar com as palavras. Literatura na alma, filmes no coração. Um bom vinho, um bom papo com marido e bons amigos. Tenho meus medos, sou ansiosa! Sou essa moça, esquisita e gente fina!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *