Cobertura Resenhas Shows

Garota Vip agitou o Gigante da Pampulha

No último final de semana, o Mineirão teve a honra de receber a primeira edição do Garota Vip em Belo Horizonte. Mesmo com o frio que tomava conta do estádio, o público foi à loucura com Renan & Rafael, Gabriel Diniz, Bell Marques e Wesley Safadão. Os artistas não deixaram ninguém ficar parado e colocaram todo mundo para dançar. Foi um dia para ficar na memória de quem esteve presente. E para quem não pode ir, vou tentar resumir o que foi esse evento incrível!

 

A abertura do festival ficou por conta da dupla Renan & Rafael, que já chegaram cantando os maiores hits do sertanejo universitário, como “Loka”, “Decide aí”, “A Mala é Falsa” e “Solteiro de Novo” para animar o público que ainda chegava na Esplanada, iluminados por um belíssimo pôr do sol. A dupla também cantou vários sucessos autorais e é claro que “Moleque Poderoso”, música feita em parceria com o MC Gui especialmente para o craque da Seleção Brasileira, Neymar, não poderia ficar de fora do repertório.

 

Foto: Amanda Lins

Na sequência, foi a vez do Gabriel Diniz chegar com todo seu gingado. “Paraquedas” e “Era Pra Ter Terminado Faz Tempo” animaram a galera junto com um set list de funk para ninguém botar defeito: “K.O”, “Embrazando”, “Várias Danadinhas” e “Partiu Aonde é o Mandela” estiveram presentes. Aí não teve erro, o público que já estava animado, não parou mais! Muitos tentavam imitar os passos do cantor, um pouco em vão, já que seu gingado estava para o sertanejo, como Anitta está para o funk. GD não parou um único minuto, esbanjando uma energia que contagiava todo mundo que estava assistindo. Como não virar fã? <3 (Confesso que ele ganhou mais uma.)

 

Foto: Tamyres Guimarães

Depois foi hora do axé tomar conta do evento com o baiano Bell Marques que relembrou sucessos do grupo Chiclete com Banana como “Diga que Valeu”, “Chicleteiro eu, Chicleteira ela” e tantos outros hits que fizeram todo mundo cantar em coro e sentir aquela saudade gostosa da banda. Mas o artista solo não decepcionou ninguém, interagindo com o público em todos os cantos do palco, o show teve até homenagem de uma fã que levou um sósia em forma de boneco.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

E para encerrar esse festival maravilhoso, depois de muita ansiedade, chegou a vez do grande poeta contemporâneo da atualidade, Wesley Safadão subir no palco. Já no primeiro “Vai Safadão” deu para perceber que o show seria animado! Sua nova música “Ar Condicionado no 15” e seus outros hits levaram as fãs à loucura com lágrimas, inúmeros cartazes e balões de coração espalhados pela Esplanada. Ninguém desviava o olhar do palco, inclusive a Cida, de 67 anos, que ficou colada na grade o festival inteiro, toda animada e ansiosa, esperando para ver o cantor de pertinho. E valeu a pena!

 

“Mas quando toca o Safadão, essa gatinha pira” e como piraram os fãs após as 3 horas de show, onde Safadão provou que merece todo o sucesso que vem fazendo! No meio de tanta animação, o cantor ainda conseguia conversar com o público com a maior simpatia e bom humor já visto por esta que vos fala. E quando você pensa que o show não podia melhorar, Safadão começa a cantar sua parceria com o MC Kevinho, “Olha a Explosão” com direito a “tutorial” de como rebolar até o chão. Aí minha gente, não teve quem ficasse parado e não arriscasse o famoso quadradinho!

 

O show já passava de duas horas de duração, quando ninguém menos que Gabriel Diniz retorna ao palco e os dois começam a cantar “É Hora de Dar Tchau”. Mas estávamos longe de dar tchau para os dois, que cantaram do sertanejo ao funk, do “Paraquedas” ao “O Grava Bater”.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se você ficou com gostinho de quero mais ou não foi nesse evento, fica comigo na contagem regressiva para a próxima edição. No mais, Safadão merece o cachê, por que o seu show foi bom demais!

 

Confira algumas fotos do Garota Vip aqui:

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe o seu comentário

Amanda Lins
Amanda Lins
Taurina, atleticana e futura Arquiteta. 22 anos no RG, mas o tamanho é de 15 e o joelho de 85. Amante de comédias românticas e animação, apesar do forte vício em séries CSI (inclusive, aplica técnicas na vida). Não dispensa uma boa conversa numa mesa de bar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *