Shows

Toninho Horta lança o seu primeiro SongBook, no Teatro Bradesco

Toninho Horta, conhecido em diversos cantos do mundo, lança o seu primeiro SongBook “108 Partituras”, nesta sexta-feira. Após cinco anos de pesquisa, o compositor apresenta o material contendo transições de suas partituras, organização de material biográfico, além de contar com depoimentos de muitos de seus parceiros de músicas e histórias. As 108 músicas selecionadas e transcritas em partituras traz ainda diagramas de acordes para violão e piano.

 

Toninho também inseriu textos com uma breve histórico de sua vida e carreira, letras das músicas, depoimentos, encarte colorido contendo fotos, discografia de carreira, além de fotos dos momentos mais marcantes de sua trajetória. 

 

Organização

 

Para facilitar, a obra foi organizada no livro por décadas, com uma linha do tempo de sua carreira musical. O livro é destinado a estudantes de música, professores, pesquisadores, músicos profissionais e amadores que apreciam a música instrumental. Ao todo são 350 páginas, vendido a R$ 100,00. 

 

O Show

 

Convidados especiais farão parte do show, ao lado de Toninho Horta. Bruno Vellozo (baixo), Neném (bateria), Robertinho Silva (percussão), Lisandro Massa (teclados), Jorge Continentino (sax), Pedro Aristides (trombone), Tatá Spalla (guitarra), além dos vocais de Deuler Andrade e Carla Villar; todos fizeram parte da trajetória musical no Brasil e no mundo. 

 

Assim como o livro, a apresentação também foi divida em ordem cronológica, da década de 60 até os anos 2000). Após o show haverá uma sessão de autógrafos.

 

Lança seu primeiro SongBook “108 Partituras”

 

Quando: 23  de junho, sexta-feira

Horas: 21h

Classificação: livre

Onde: Teatro Bradesco – Rua da Bahia, 2244 

Quanto: R$ 40 (inteira)

Informações: (31) 3516-1360

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *