Cobertura Culturaliza Música Resenhas Shows

Divina and Mara o quê? VILHOSA! Confira o que rolou na mais diversa de BH

A Divina Maravilhosa foi uma tremenda chuva de lacres realizada entre a noite da última sexta-feira (12) e sábado (13), na Serraria Souza Pinto. A festa começou com a Disputa Nervosa entre dançarinos do projeto Da Favelinha, iniciativa do MC Kdu dos Anjos voltada à moradores da comunidade do Aglomerado da Serra. E foi bem difícil decidir o melhor nos passinhos, viu!?!

 

Depois, o show ficou por conta de Toda Deseo. Em seguida, MC Carol mostrou todo o seu feminismo empoderado por meio de suas letras picantes, mas revolucionárias, e de sua imponência pessoal. Linn da Quebrada entrou em seguida e mostrou sua coragem e força de ser quem é. A artista também fez diversas chamadas para o engajamento na luta contra a LGBTfobia. Performance, glamour e tombação marcaram a apresentação da Linn.

 

Após este momento de banho de auto-estima e coragem, eis que o anfitrião da noite, Marcelo Veronez (não conhecia até a madrugada do último sábado e estou bem in love), entra no palco com todo o poder performático de quem canta de corpo e alma. Não conheço a fundo o trabalho deste artista, mas além de perceber letras que nos fazem refletir, senti fortes influências de Ney Matogrosso tanto na presença de palco e forma de se apresentar, quanto no brilho próprio de nos deixar presos à apresentação.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O ponto alto da festa se deu quando, emocionado, Veronez convidou a Divina and “Mara o quê? VILHOOOOSAAAA” da Elza Soares ao palco. A partir daí, foi difícil conter as emoções e o público ficou ensandecido de tal maneira que tornou-se nítido que esta foi a atração mais aguardada da festa. Os destaques com certeza foram as músicas “Mulher do Fim do Mundo” e “A Carne”, nas quais o público endossou um coro bem lindo. Marcelo se dividiu entre os papeis de fã contemplativo e cantor em dueto.

 

O jornalista aqui não tem muita experiência com fotografias noturnas, então só consegui salvar fotos da Elza Soares. Fiz fotos dos outros momentos, mas, sem óculos, ficaram todas embaçadas.

Deixe o seu comentário

Ícaro Batista
Ícaro Batista
Blogueiro desde 2010 e jornalista desde 2016, atualmente é fundador e editor-chefe de um site homônimo de notícias do universo da economia criativa. Apaixonado por moda, arte e teatro desde sempre. A partir de agora, é titular da Coluna Cool, na qual escreve as últimas novidades e tendências culturais e criativas de BH. Então, você já sabe: todos os sábados, aqui, no Culturaliza BH, serão dias de notas que voam nas asas do conteúdo. Fique atento e não desgrude!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *