Bares Dicas Gastronomia

Mês da uva Malbec ganha cardápio comemorativo e seleção de vinhos no Carbernet Butiquim

Aproveitando que abril é o mês do Malbec, o vinho símbolo da cultura Argentina e bem consumido no Brasil, o Carbernet Butiquim promove uma programação inteiramente dedicada ao vinho, com uma seleção de pratos e petiscos especialmente desenvolvidos para harmonizações com a uva e uma seleção de rótulos comercializados na casa. O cardápio comemorativo e a seleção especial de vinhos Malbec ficam disponíveis até o próximo dia 30 de abril

 

A chef do Carbarnet Butiquim, Janaína Batista Barrozo, buscou para a preparação dos petiscos símbolos da culinária argentina, como ojo de bife, um corte de carne típico, que se caracteriza por ser muito tenro, a moela, a salsa criolla e o tempero chimichurri. Complementando a experiência, o cardápio ainda apresenta outra forte referência da culinária argentina, desta vez um doce: churros recheados com o autêntico dulce de leche. Os clientes poderão harmonizar rótulos de vinhos Malbec com os seguintes pratos:

 

  • Terrine de fígado de aves com conserva de jiló
  • Moela com molho defumado e cesta de pães
  • Ojo de bife, salsa criolla, batatas rústicas e chimichurri
  • Barriga de porco assada e farofa crocante
  • Churros

 

Para acompanhar, foram selecionados 15 rótulos de vinhos Malbec, que vão de bebidas mais simples até às mais sofisticadas, entre rosés e tintos. Os vinhos serão disponibilizados ao público tanto em garrafas quanto em taças. 5 dos rótulos estarão disponíveis diariamente em taça, 1 rosé e 4 tintos. Entre os vinhos selecionados há um inusitado: um Malbec chileno.

 

 

Cabernet Butiquim | Bar e loja de vinhos

 

Onde: rua Levindo Lopes, 12/22 – Savassi – Belo Horizonte – MG

Horário de funcionamento: terça a sábado, de 11h30 à meia-noite, e domingo, de 11h30 às 16h

Informações: (31) 3889-8799

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *