Colunas Culturaliza Literaliza BH Literatura Livros

“A Caçada de Goya” – Karinna Pimenta

É uma dica para quem gosta de aventura e fantasia. 

 

“A Caçada de Goya” é o primeiro livro da escritora brasileira Karinna Pimenta. A autora é formada em administração de empresas, mora atualmente em Nova Lima e também escreve crônicas, contos e romances. Ela aproveitou o momento em que decidiu se dedicar a maternidade para mergulhar na escrita.  Observei lendo o livro que a Karinna escreve de forma objetiva e direta, com poucos diálogos e poucas descrições para o gênero que costuma explorar a imaginação dos leitores.  “A Caçada de Goya” foi lançado este ano pela Editora portuguesa Chiado.

 

 

“A Caçada de Goya” é um livro daqueles de fantasia “raiz” com a presença de vários elementos característicos do gênero como magia, seres fantásticos, mutações, mitos e lendas.  A história começa em Belo Horizonte, quando Gaia, uma jovem de 13 anos, atormentada por um sonho recorrente onde é assombrada por olhos vermelhos envoltos em uma sombra negra, se vê diante de uma ameaça que se torna cada dia mais real. Eme, sua mãe, já ciente do que se trata a ameaça e também do que o destino reserva a jovem, resolve tirá-la de Minas e ir para um lugar mais seguro, a sua terra natal, a terra dos Goyas.  Porém, a mesma ameaça que assombra Gaia em Minas também coloca a civilização Goya em perigo. Na cidade de Vallejabor – cidade dos Goyas, Gaia descobre que só ela pode salvar a civilização, que possui a marca de um imortal e que ao despertar a sua essência vai assumir a forma de animal fantástico. Não precisa dizer que a vida de Gaia se transforma completamente, ela participa de batalhas incríveis, perde pessoas queridas, faz descobertas importantíssimas para o seu futuro, se apaixona e supera desafios típicos de uma boa caçada.

 

O livro apresenta personagens simples, a leitura flui bem, mas a escrita de Karinna é um tanto rebuscada para o gênero. Algumas repetições de palavras como “a qual” e “no qual” me incomodaram um pouco, mas nada que me fizesse abandonar a história que, aliás, é bem curtinha, as letras são grandes e há um respiro entre os capítulos que dão um certo “descanso” ao leitor.  É uma história criativa e envolvente, os problemas se resolvem rápido e você fica com aquele gostinho de quero mais.

 

Motivos para ler – “A Caçada de Goya”, Karinna Pimenta:

 

  • Tem fantasia;
  • Aventura;
  • Cenários paradisíacos;
  • Confrontos eletrizantes;
  • Mistério.

 

Esta coluna é publicada aqui, todas as segundas!

Envie seu e-mail para a colunista: elisrouse@culturalizabh.com.br

Deixe o seu comentário

Elis Rouse
Elis Rouse
Sou Elis, não sou Regina; sou do interior e amo a capital; sou jornalista, mas não trabalho em jornal; amo ler, sonho escrever; dicas vou dar, dicas quero receber; experiências vamos trocar; literatura brasileira vamos amar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *