Colunas Culturaliza Literaliza BH Literatura Livros

“Holocausto Brasileiro” uma história que você precisa conhecer

Este livro é simplesmente um tapa na cara de uma sociedade que sempre acreditou que vivemos num país de igualdade, sem preconceitos e que vivemos em um país justo, pois cada vez que alguém remexe no passado explica porque chegamos a calamidade que vivemos hoje. “Holocausto Brasileiro” é um dos melhores livros que já li em toda a minha jornada literária. É o tipo de livro que a cada página virada vai te despertando sentimentos diversos.

 

Daniela Arbex é jornalista, atua há mais de duas décadas no jornal Tribuna de Minas. Com mais de 20 prêmios internacionais e nacionais no currículo, Daniela é reconhecida pelas suas reportagens especiais. “Holocausto Brasileiro” é fruto de uma série produzida por ela para o jornal que virou livro. Aliás, o livro-reportagem já vendeu mais 150 mil exemplares no Brasil e em Portugal. O segundo livro de Daniela, “Cova 312”, que já está na minha lista de desejados, aborda a história real de um jovem morto após ser torturado na ditadura. Não é apenas uma reportagem, é ter acesso ao desdobramento da verdadeira história do Brasil, muito além do que aprendemos na escola.

 

 

Em “Holocausto Brasileiro”, Daniela Arbex apresenta a história de pessoas consideradas “loucas” pela sociedade, enviadas ao maior hospício do Brasil, o Hospital Colônia, na cidade de Barbacena. Com depoimentos de personagens reais e muitos dados contundentes, Daniela traçou o enredo do livro apresentando várias partes que compõe essa história, entrevistou ex-funcionários do hospital, pacientes e parentes que comprovaram os seus relatos com uma riqueza de detalhes e imagens documentadas através de fotos antigas, atuais e até documentos importantes que deram veracidade aos seus relatos. Como isso, ela nos apresenta uma história fantástica com uma linguagem simples, de fácil compreensão, capaz de nos sensibilizar e refletir sobre o que aconteceu com aquelas pessoas inocentes e sobre o que talvez possa estar acontecendo debaixo dos nossos olhos, mas que fazemos vista grossa.

 

“Holocausto Brasileiro” é sobre pessoas que foram torturadas, espancadas, violentadas, dormiam ao relento e morriam de frio, comiam ratos, bebiam água de esgoto e urina. É sobre como a sociedade mineira, autoridades, políticos, os funcionários, entidades religiosas e por que não as pessoas comuns, deixaram que essas barbaridades acontecessem com seres humanos, seus filhos, filhas que tiveram seu destino traçado ao embarcarem no “trem de doido” que cortava as montanhas de Minas abarrotados por aqueles taxados como “loucos”, “loucos”, “dementes” apenas por se sentirem tristes. As moças por serem desobedientes ou por terem perdido a virgindade ou ainda por estarem grávidas dos seus patrões. Homossexuais e pessoas encontradas sem documentos, também tinha como destino o Colônia. Quem eram os loucos afinal?

 

 

É uma história tão desumana e cruel que a autora não poderia ter dado outro nome, “Holocausto”, mas diferente do acontecido na II Guerra, na Europa, cerca de 60 mil vidas foram perdidas no nosso quintal, diante das situações degradantes do Hospital Colônia. Engraçado como não nos interessamos pela história do Brasil e nos contentamos com as mesmices que aprendemos na escola e com isso vivemos iludidos e por que não dizer cegos diante de um passado brutal que passa despercebido aos nossos olhos vaidosos. Não precisa nem falar que indico esse livro, não apenas para quem gosta de ler, mas principalmente para quem se interessa por conhecer o passado real, menos romântico do nosso país.

 

Motivos para ler – “Holocausto Brasileiro”, Daniela Arbex:

  • Mergulho no nosso passado;
  • Impactante;
  • Faz refletir;
  • Leitura flui;
  • Imagens que contextualizam a história.

Esta coluna é publicada aqui, todas as segundas!

Envie seu e-mail para a colunista: elisrouse@culturalizabh.com.br

Deixe o seu comentário

Elis Rouse
Elis Rouse
Sou Elis, não sou Regina; sou do interior e amo a capital; sou jornalista, mas não trabalho em jornal; amo ler, sonho escrever; dicas vou dar, dicas quero receber; experiências vamos trocar; literatura brasileira vamos amar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *