Centros Culturais Colunas Culturaliza Dicas Diversão Por Onde Andei Turismo

Por Onde Andei: Turistando em BH – Parte 2 – Pampulha

A lagoa artificial da Pampulha, sem dúvidas é o principal cartão postal de Belo Horizonte. O espaço idealizado por Juscelino Kubitschek, o então prefeito da época, e pelo famoso arquiteto Oscar Niemeyer nos anos 40, possui intervenções urbanísticas e construções onde a arquitetura, as artes plásticas e o paisagismo conversavam de forma harmônica, apresentando a proposta de modernidade daquela década. 

 

O Conjunto Arquitetônico da Pampulha conta com os prédios da Igrejinha da Pampulha (Igreja São Francisco), do Museu de Arte, da Casa do Baile e do Iate Tênis Clube.

 

 

Igrejinha da Pampulha

A obra da Igreja de São Francisco foi concluída em 1945, mas apenas em 1959 a Cúria Metropolitana a consagrou como templo religioso. No seu interior os 14 painéis da Via Sacra foram pintados pelo renomado Candido Portinari, já o jardim é assinado por Burle Marx e as obras de bronze são de Alfredo Ceschiatti.

 

 

 

 

 

 

Museu de Arte da Pampulha

Projetado para ser um Cassino, que por sua vez movimentou a noite belorizontina até o ano de 1946 quando a prática do jogo foi proibida no Brasil, o atual prédio do Museu de Arte Moderna foi o primeiro projeto de Oscar Niemeyer para o o Conjunto Arquitetônico. O MAP (Museu de Arte da Pampulha) responsável hoje por grandes exposições, conta com um acervo de 1500 obras e oferece ao visitante além das visitas guiadas, oficinas, encontros e conversas com artistas e convidados.

 

 

 

 

 

Casa do Baile

Criada em 1943 e também assinada por Niemeyer, a Casa do Baile está localizada em uma ilha ligada a margem da lagoa por uma pequena ponte de concreto. O lugar que visava o entretenimento, como o próprio nome diz, e contava com um salão com mesas, pista de dança e um pequeno restaurante. Hoje o prédio pertence a prefeitura e abriga o Centro de Referência de Urbanismo, Arquitetura e do Design.

 

 

 

Estádio Governador Magalhães Pinto

O entorno da lagoa também é conhecido por apresentar as principais opções de lazer da cidade como o majestoso  Estádio de Futebol Governador Magalhães Pinto, mais conhecido como Mineirão, o Ginásio do Mineirinho, o Jardim Zoológico e para você que é da noite, não poderia faltar os melhores bares e boates da cidade.

 

 

 

 

 

 

 

A “Por Onde Andei” te aconselha a fazer uma bela caminhada pela Lagoa da Pampulha, conhecendo os prédios do Conjunto Arquitetônico; assistir uma boa partida de Futebol no famoso Mineirão e conferir a feira que se instala ali em todas as noites de quinta; visitar os bichinhos do Zoo e a cair na noitada em uma das regiões mais Tops de Belo Horizonte. No próximo domingo terá dicas de passeios na região Centro Sul da cidade, responsável pelos mais belos mirantes.

 

 

Agenciamento e Excursões
facebook.com/roadtourbh

Deixe o seu comentário

Aline Silva
Aline Silva
Administradora e agente de viagens, sagitariana, contagense, curiosa por natureza, odeia rotular as pessoas. Apaixonada por novidades e por viagens, sonha em conhecer 30% do globo terrestre. Acredita que o segredo da felicidade não está nos bens materiais mas sim, nas experiências vividas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *