Bares Restaurantes Shows

Bar do Museu Clube da Esquina apresenta semana com belas apresentações

O lindo Bar do Museu Clube da Esquina está com uma programação bem amorzinha para esta semana! Por lá, você confere apresentações com variados estilos musicais, como rock, blues, jazz, MPB e o saudoso Clube da Esquina! 

 

Confira a programação dos shows desta semana:

 

Na terça, rola por lá o Palco Livre, que apresenta vários intérpretes, coordenados por Glaw Nader e Wagner Raposo, a partir das 20h30. É cobrado um couvert artístico de R$ 10 e a promoção da noite é a rodada dupla de drinks durante toda noite. 

 

Na quarta, dia internacional da mulher, a atração, claro, é especial e comandada por elas, com Barbara Barcelos e convidadas, a partir das 20h. Para entrar, será cobrado apenas R$ 15. 

 

A quinta será para os românticos, ao som de Marcos Catarina e Rae Medrado, a partir das 21h, com a noite Somos Românticos! A entrada é de R$ 20! 

 

A sexta apresenta uma proposta Em família para dar um bom início no fim de semana, com Rodrigo e Marilton Borges, a partir das 21h30, com uma entrada no valor de R$ 25. 

 

Após uma boa noite em família na sexta, é hora de lembrar de Certas Canções, no sábado, com Aurora Boreal, a partir das 21h30 e a entrada no valor de R$ 25. 

 

Programação impecável, né?! Você pode escolher o dia ou ir em todos, garanto que valerá muito! Às vezes, é bom garantir sua vaga por lá, então já faça sua reserva pelos telefones: (31) 2512-5050 / (31) 9 9688-0558 ou pelo e-mail reservas@bardomuseuclubedaesquina.com

 

Atenção aniversariante: Você e seu e acompanhantes ganham 50% de desconto, além do aniversariante ganhar um drink da casa.

 

Bar do Museu  Clube da Esquina 

 

Onde: Rua Paraisópolis, 738 – Santa Tereza

Informações: (31) 2512-5050 / (31) 9 9688-0558 / Página do Facebook 

 

 

 

Deixe o seu comentário

Charles Douglas
Charles Douglas
Virginiano, metropolitano de Ibirité, mas com a vida construída em BH, jornalista recém formado e apaixonado pelos rolês culturais da capital mineira. Está perdido no mundo da internet desde quando as comunidades do Orkut eram o Culturaliza de hoje. Quando não está com a catuaba nas mãos, pelas ruas de Belo Horizonte, está assistindo SBT ou desenhos no Netflix.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *